Apresentação

A nova Renault Kangoo foi revelada e trouxe… uma Renault Express

A Renault Kangoo já conheceu a sua terceira geração e consigo trouxe um nome bem conhecido da marca: a Express. Fica a conhecê-las melhor.

Antecipada há cerca de dois anos pelo protótipo Kangoo Z.E. Concept, a nova Renault Kangoo foi agora revelada e trouxe com ela uma grande surpresa: o regresso da Renault Express! E não, não se trata de uma versão da nova Kangoo — é um modelo à parte.

Mas comecemos pela nova Kangoo. Não é difícil perceber que esta deriva diretamente do protótipo que a antecipou, estando disponível na versão comercial e de passageiros (ambas a comercializar na Europa).

Na variante “de trabalho”, a Kangoo Van, a carrinha francesa vai estar disponível em dois comprimentos, com caixa manual ou automática e versões Diesel, a gasolina e elétrica.

VÊ TAMBÉM: Renault Trafic renova-se e ganha novos motores e mais tecnologia
Renault Kangoo
A nova família de comerciais ligeiros da Renault: Kangoo à esquerda e Express à direita, ambas em versões de passageiros e profissionais.

Espaço para “dar e vender”

Com uma capacidade de carga útil entre os 3,3 m³ e os 3,9 m³ na versão normal e entre os 4,2 m³ e 4,9 m³ na versão longa, a nova Kangoo conta ainda com dois sistemas para facilitar o dia a dia de quem com ela trabalha.

O primeiro, o “Easy Side Access”, permite um acesso mais fácil ao espaço de carga ao eliminar o pilar central. O resultado é o acesso lateral mais amplo do mercado, com 1416 mm. Já o segundo, o “Easy Inside Rack”, consiste numa prateleira amovível que permite transportar objetos, longos ou volumosos, até por cima do banco do passageiro, libertando espaço na caixa de carga.

Renault Kangoo
O interior da nova Kangoo segue as tendências de design em voga na marca francesa.
VÊ TAMBÉM: Já sabemos quanto custa o Renault Twingo Electric

Tecnologia para trabalhar e não só

Além de um design completamente novo e de bancos redesenhados, no interior da Kangoo deparamo-nos com o sistema multimédia EASY LINK.

Já no campo dos sistemas de segurança e ajuda à condução, a nova Renault Kangoo traz consigo equipamentos como um espelho interior digital, o controlo de estabilidade de atrelado ou o sistema de travagem de emergência ativa.

VÊ TAMBÉM: Adeus, Diesel? Testámos a Renault Mégane ST E-TECH (híbrida plug-in)

A Renault Express

Se a nova Kangoo já era esperada, a nova Renault Express surpreendeu, pois ninguém esperava que a marca francesa reforçasse a sua oferta a este nível com mais um modelo. Produzida em Tanger, em Marrocos, são evidentes os traços de familiaridade com a Dacia Dokker que também ali é produzida. A nova Kangoo, por outro lado, vai ser produzida na França.

Disponível na versão comercial e de passageiros, só a primeira, a Express Van, será comercializada por cá. Por falar nela, esta apresenta-se com a maior capacidade de arrumação interior do segmento (48 litros) e oferece entre 3,3 m³ e 3,7 m³ de capacidade de carga.

Descrita pela Renault como a solução para quem procura “a melhor relação prestações/preço, numa proposta que cumpra as suas necessidades básicas”, a Express Van é uma espécie de “irmã mais nova” da Kangoo.

Ainda assim, não abdica de equipamentos como o sistema multimédia Renault EASY LINK ou assistentes de condução como sistema de assistência à visão traseira, o alerta de ângulo morto, sensores de estacionamento e o espelho de ângulo aumentado.

Renault Express
VÊ TAMBÉM: O Le 5 Concept imagina o regresso do histórico Renault 5

Quando chegam e quanto vão custar?

De momento ainda não foram avançadas mais informações sobre o novo par de veículos comerciais da Renault. Ao nível das mecânicas foi o que referimos no início, apenas sabemos que a nova Renault Kangoo vai ter motores a gasolina, gasóleo e ainda uma variante elétrica. Quanto à Renault Express, não foram avançados nenhuns dados adicionais.

Renault Kangoo
A evolução da Renault Kangoo desde 1997 até aos dias de hoje.

Quanto à data de chegada ao mercado, tanto a Renault Kangoo como a Renault Express deverão começar a ser comercializadas a partir da primavera de 2021, não tendo sido avançadas quaisquer informações relativamente a preços.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Renault Clio a GPL?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Testámos o Renault Clio a GPL. Utilitário (económico) e com orgulho

Mais artigos em Notícias