Comerciais

Kangoo, és tu? Renault renova a gama de comerciais e revela dois protótipos

Ao mesmo tempo que renovou a Master, Trafic e Alaskan, a Renault revelou o protótipo da próxima Kangoo e um pequeno comercial citadino, o EZ-FLEX.

Líder no mercado de comerciais ligeiros na Europa, a Renault está apostada em manter-se no topo da tabela de vendas. Prova disso mesmo é a renovação das Master, Trafic e Alaskan que viram o visual renovado e receberam ainda um aumento da oferta tecnológica.

No entanto, nem só de restylings e melhoramentos dos atuais modelos se faz a aposta da Renault nos comerciais. Assim sendo, a marca francesa revelou dois protótipos. O primeiro dá pelo nome de Kangoo Z.E. Concept e mais não é que uma antecipação da próxima geração da Kangoo que tem chegada marcada para o próximo ano.

Esteticamente, é notória a aproximação do protótipo à restante gama Renault, principalmente na secção dianteira. Como o nome indica, a Kangoo Z.E. Concept recorre a uma motorização elétrica, algo que já se encontra disponível na atual geração da carrinha da Renault.

VÊ TAMBÉM: Quantos quilómetros já foram percorridos com o Tesla Autopilot ligado?
Renault Kangoo Z.E. Concept
Com a Kangoo Z.E. Concept, a Renault antecipa a próxima geração do seu comercial compacto.

Renault EZ-FLEX: uma experiência em movimento

O segundo protótipo da Renault chama-se EZ-FLEX e foi pensado para o trabalho de distribuição em meio citadino. Elétrico, conectado e compacto (mede 3,86 m de comprimento, 1,65 m de largura e 1,88 m de altura), a grande novidade do EZ-FLEX é o facto de… ir ser testado por diversos profissionais por toda a Europa.

Renault comerciais
Para além dos protótipos EZ-FLEX e Kangoo Z.E. Concept, a Renault renovou a Alaskan, Trafic e Master.

O plano da Renault passa por “emprestar” uma dúzia de EZ-FLEX equipados com diversos sensores a várias empresas e municípios europeus. Com estes doze EZ-FLEX, a Renault vai recolher dados relativos às distâncias percorridas, número de paragens, velocidade média ou autonomia.

Com uma duração prevista de dois anos, com esta experiência a Renault pretende recolher dados (e feedback dado pelos utilizadores) para depois os usar no desenvolvimento de veículos comerciais mais adaptados às necessidades dos clientes.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira da Renault Mégane ST?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos a Renault Mégane ST GT Line TCe 140 FAP: honras de estreia

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos