Apresentação

500 3+1. A porta surpresa na apresentação do novo Fiat 500

Na apresentação da gama completa do novo 500, estreia inédita para o Fiat 500 3+1 que se destaca pela adição de uma pequena porta na lateral.

A família 500 está maior. Após termos conhecido a terceira geração do modelo, exclusivamente elétrica, nas carroçarias cabrio e hatchback, é adicionada mais uma variante. O novo Fiat 500 3+1 destaca-se dos restantes por adicionar uma pequena porta lateral de abertura invertida — à la Mazda MX-30 ou BMW i3 —, mas apenas do lado do passageiro.

Tal como essas propostas — e outras… lembram-se do Hyundai Veloster ou da anterior Mini Clubman? —, destaque para a ausência de pilar B, o que permitirá um acesso facilitado à segunda fila. Diz a Fiat que esta solução pretende responder às necessidades dos clientes do 500, sobretudo quanto se trata de colocar um bebé e respetiva cadeirinha no interior.

O novo Fiat 500 3+1 não vê as suas dimensões alteradas, mas a terceira porta adiciona 30 kg à massa do citadino e, tal como acontece com outras propostas similares, só é possível abrir a porta abrindo primeiro a porta dianteira.

TENS DE VER: Já conduzimos o novo Fiat 500, agora 100% elétrico. A “dolce vita” tem um preço

Mais acessível

O novo Fiat 500 3+1 a grande surpresa na apresentação oficial da gama completa do novo 500 e, tal como aconteceu com o cabrio e hatchback, será lançado inicialmente com uma versão especial e limitada “La Prima”. Mas as novidades não se ficaram pelo 500 3+1…

Além do 3+1, a nova geração do citadino italiano ganhou uma versão de entrada, o Fiat 500 @Action.

E como versão de entrada — também a pensar em serviços de car sharing — o novo 500 @Action apresenta-se com um motor elétrico menos potente, de 95 cv (70 kW) — até agora só o conhecíamos com 118 cv —, e uma bateria de menor capacidade com apenas 23,8 kWh (os restantes têm uma de 42 kWh).

Apesar de menos potente, perde apenas 0,5 na aceleração dos 0 aos 100 km/h para o de 118 cv, fixando-se nos 9,0s, enquanto a velocidade máxima (sempre eletronicamente limitada) é reduzida de 150 km/h para 135 km/h.

A capacidade reduzida da bateria reflete-se, igualmente, na autonomia. Esta passa a ser de 180 km (WLTP combinado) ou 240 km (em cidade), ao invés dos 320 km anunciados para os 500 com a bateria de 42 kWh. Porém, para garantir carregamentos rápidos, o novo 500 @Action vem equipado com um sistema de carregamento rápido de 50 kW.

Também de série nesta versão de acesso é o arsenal de assistentes à condução — desde a travagem autónoma de emergência, capaz de reconhecer peões e ciclistas, à manutenção na via de rodagem.

Fiat 500

Ao nível de conetividade, passa a haver uma alternativa mais acessível ao novo sistema de infoentretenimento UConnect 5. Esta opção é composta por um suporte para o smartphone — dá para montá-lo verticalmente ou horizontalmente —, uma ligação Bluetooth que permite ligar também ao sistema de som do veículo, e uma aplicação específica para interagir com o veículo.

Por fora, o 500 @Action distingue-se pelo uso de faróis de halogéneo e jantes de 15″, enquanto por dentro temos revestimentos em Seaqual (uma fibra derivada de plástico reciclado, parcialmente recolhido dos oceanos) para os bancos com motivo decorativo geométrico específico e um tabliê de cor preta.

VÊ TAMBÉM: Fiat 500C Hybrid (2020). Agora é «mild-hybrid», faz diferença?

Mais versões

Além do @Action, exclusivamente associado ao motor elétrico de 95 cv e à bateria de 23,8 kWh, a gama do novo Fiat 500 estende-se por mais duas versões: @Passion e @Icon.

Em comum recorrem ao motor mais potente de 118 cv e à bateria de maior capacidade de 42 kWh, garantindo, oficialmente, 320 km de autonomia (460 km em cidade). Ambos vêm equipados com o sistema de carregamento rápido de 85 KW — de 0 a 80% da capacidade total da bateria em 35 minutos.

E claro, adicionam mais equipamento. O 500 @Passion ganha cruise control, o sistema de infoentretenimento UConnect 5 associado a um ecrã de 7″, Android Auto e Apple CarPlay sem fios. O 500 @Icon vê o ecrã crescer até às 10,25″ e ainda ganha sistema de navegação, além de que a combinação dos assistentes de condução passa a permitir condução semi-autónoma (nível 2), uma estreia no segmento.

Por fora, o 500 @Passion distingue-se pelas jantes de 15″ bi-tom com acabamento brilhante. Por dentro há duas opções: ambiente escuro com tabliê a preto e bancos em Seaqual com pespontos em prateado, ou ambiente claro, com tabliê em branco e bancos a azul.

O 500 @Icon apresenta-se com jantes de 16″, enquanto por dentro temos um ambiente mais claro e brilhante, com o tabliê a ser pintado da mesma cor da carroçaria. Em opção há um revestimento num material “vegan” que se apresenta com uma textura a imitar madeira para o painel de bordo e volante. Podemos ainda escolher dois tons para os revestimentos: cinzento escuro com apontamentos em cor cobre, ou cinzento claro, com salpicos em azul para alguns detalhes.

O 500 @Icon vem ainda com um comando (a chave) que mais parece um seixo de rio, sem botões, e que permite aceder ao carro e até ligá-lo sem retirá-lo do bolso.

TENS DE VER: Razão vs emoção. Testámos o elétrico Honda E

Quando chega?

De momento ainda não foram avançadas datas de lançamento para Portugal do novo Fiat 500 3+1, cabrio e hatchback ou quanto custará.

Fiat 500

Atualizado às 18h55 — Texto apresentava erros que foram corrigidos.

Mais artigos em Notícias