Apresentação

O Ford Fiesta agora também é mild-hybrid. Mas há mais novidades

Motorizações mild-hybrid, um reforço ao nível da conetividade e da segurança e ainda uma nova caixa de velocidades. Novidades não faltam ao Ford Fiesta.

Nome importante num segmento em constante ebulição, o Ford Fiesta viu os seus argumentos renovados.

Para começar, o motor 1.0 EcoBoost com 125 cv passou a contar com uma caixa automática de dupla embraiagem com sete velocidades, mas a principal novidade é outra…

A grande novidade consiste na introdução das variantes mild-hybrid de 48 V do Ford Fiesta, uma estreia na gama do utilitário e algo que já te tínhamos anunciado há um ano.

VÊ TAMBÉM: Ford Kuga PHEV. É o híbrido plug-in mais barato do segmento e nós já o testámos
Ford Fiesta Active

As versões mild-hybrid

A variante EcoBoost Hybrid (é este o seu nome oficial) do Ford Fiesta “casa” o multi-premiado 1.0 l Ecoboost (que até conta com desativação de um cilindro) a um sistema mild-hybrid de 48 V.

Disponível com 125 ou 155 cv, o Fiesta mild-hybrid vê um pequeno motor elétrico alimentado por baterias de 48 V de iões de lítio tomar o lugar do alternador e motor de arranque.

Tal como no Ford Puma, o sistema mild-hybrid assume duas estratégias para assistir o motor de combustão:

  • A primeira é a substituição de binário, fornecendo até 50 Nm, reduzindo o esforço do motor de combustão.
  • A segunda é o suplemento de binário, adicionando 20 Nm quando o motor de combustão está em carga máxima — e até 50% mais em baixos regimes — garantindo a melhor performance possível.

No que à transmissão diz respeito, o Ford Fiesta EcoBoost Hybrid recorre à nova caixa automática de dupla embraiagem com sete velocidades, mencionada antes.

Ford Fiesta Van
O sistema mild-hybrid também vai chegar ao Ford Fiesta Van se bem que apenas na variante de 125 cv.
VÊ TAMBÉM: Ford Puma ST-Line 155 cv testado em vídeo. O que vale o novo B-SUV da Ford?

Conetividade em alta…

No capítulo da conetividade, o Ford Fiesta também conta com novidades.

Assim, passará a oferecer de série a tecnologia FordPass Conect que permite controlar remotamente várias funções e viu o sistema de infotainment SYNC 3 ser alvo de uma atualização de software.

Há ainda a destacar a adoção de botões de maiores dimensões no ecrã de 8” e de um novo carregador por indução para o smartphone.

Ford Fiesta
VÊ TAMBÉM: Um Ford Fiesta ST a fundo na estrada mais desconhecida do mundo

… e a segurança também

As novidades tecnológicas do Ford Fiesta não se resumem apenas à conetividade, havendo mais relacionadas com a segurança ativa.

Para começar, o Ford Fiesta passou a estar disponível com um sistema de cruise control adaptativo com função Stop & Go e reconhecimento de sinais de trânsito.

VÊ TAMBÉM: A radical asa traseira (de origem) que o Ford Escort RS Cosworth não teve
Ford Fiesta

A este juntam-se ainda sistemas como o assistente de estacionamento perpendicular e o Cross Traffic Alert com função Active Braking. Por fim, há dois novos modos de condução para o Fiesta Active: “Sport” e “Trail” que se juntam aos modos “Normal”, “Eco” e “Slippery”.

Para já, ainda não sabemos quando é as versões mild-hybrid do Fiesta e todas estas novidades estarão disponíveis em Portugal nem quanto irão custar as novas versões.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Ford Focus RS Mk2?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Duas gerações Ford Focus RS em confronto
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Duas gerações Ford Focus RS em confronto

Mais artigos em Notícias