Apresentação

Este é o novo Lexus IS que não vamos ter na Europa

Com um visual totalmente renovado, o novo Lexus IS apresenta-se com a mesma plataforma, os mesmo motores e… não vai ser vendido na Europa.

Revelado há poucos dias, já há uma certeza acerca do novo Lexus IS: não vai ser vendido na Europa e as razões por detrás dessa decisão são muito simples.

Em primeiro lugar, as vendas do outro sedã da Lexus, o ES, são o dobro das do IS. Em segundo e de acordo com a marca japonesa, 80% das suas vendas na Europa correspondem a SUV.

Apesar destes números, em mercados como os EUA, o Japão e outros países da Ásia, o Lexus IS ainda tem procura e por isso mesmo conheceu agora uma profunda renovação.

VÊ TAMBÉM: Lexus UX 300e. Depois dos híbridos, o elétrico
Lexus IS

As grandes mudanças são estéticas

Com um desenho inspirado no do Lexus ES, o renovado IS é 30 mm mais longo e 30 mm mais largo que o antecessor, contando ainda com cavas das rodas maiores para acomodar jantes de 19”.

As alterações por fora são extensivas onde, aparentemente, todos os painéis da carroçaria foram alterados para este profundo restyling. Há ainda a destacar a adoção de faróis LED redesenhados e os faróis traseiros estilo “lâmina” que agora passam a estar unidos, estendendo-se a toda a largura.

Já no interior, a grande novidade foi um reforço tecnológico com a adoção de um ecrã de 8” para o sistema de infotainment (em opção pode medir 10,3”) e da integração de série dos sistemas Apple CarPlay, Android Auto e Amazon Alexa.

VÊ TAMBÉM: Silêncio! O V10 do Lexus LFA Nürburgring Edition vai “gritar”

Nas motorizações ficou tudo igual

Debaixo do capot manteve-se tudo na mesma, com o Lexus IS a apresentar-se com as mesmas motorizações a que o seu antecessor recorria para o mercado norte-americano.

Assim sendo, por lá, há três motores a gasolina: um 2.0 l turbo com 244 cv e 349 Nm e um 3.5 l V6 com 264 cv e 320 Nm ou 315 cv e 379 Nm.

Compara as diferenças entre o novo e o que ainda temos por cá na galeria abaixo:

Por fim, no que ao chassis diz respeito, apesar de o novo Lexus IS recorrer à mesma plataforma que o seu antecessor, a marca japonesa afirma que este viu a sua rigidez ser melhorada. Já a suspensão foi redesenhada para acomodar jantes de maiores dimensões.

VÊ TAMBÉM: Lexus LC 500 perde o teto, ganha requinte, continua a impressionar

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Lexus UX 250h?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Lexus UX 250h. O que vale a resposta nipónica?

Mais artigos em Notícias