Vídeo

Tiago Monteiro partilha a experiência de condução do Honda e em direto

Num direto no Instagram da Honda Portugal Automóveis marcado para as 11h00 de hoje, Tiago Monteiro vai falar da sua experiência de condução do Honda e.

Seguindo uma tendência muito em voga nestes tempos de pandemia de Covid-19, o piloto Tiago Monteiro vai marcar presença num direto no Instagram da Honda Portugal Automóveis para falar acerca da sua experiência de condução do Honda e.

Neste direto marcado para as 11h00 de hoje, 19 de maio, o piloto português vai esclarecer algumas das principais curiosidades dos clientes sobre o novo modelo 100% elétrico da Honda.

Tiago Monteiro conduziu o Honda e no mês de fevereiro e agora vai procurar não só falar acerca da sua experiência ao volante do modelo nipónico como responder a algumas questões sobre o novo modelo que a Honda recolheu nos últimos dias na sua página de Instagram.

VÊ TAMBÉM: Honda dá passo atrás e regressa aos botões físicos no novo Jazz
Tiago Monteiro Honda e

O Honda e

Com duas variantes — “standard” e “Advance” — o Honda e já se encontra disponível para pré-venda no mercado nacional e custa a partir de 36 mil euros.

Na variante “standard” o motor traseiro debita 136 cv e autonomia é de 313 km em ciclo urbano WLTP. Já na versão “Advance” a potência sobe para os 154 cv e a autonomia desce para os 292 km.

Quanto à autonomia em ciclo misto, esta é de 220 km para ambas as propostas. A alimentar o motor elétrico surge uma bateria com 35,5 kWh de capacidade que vê a sua capacidade reposta até 80% em apenas 30 minutos num carregamento rápido.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Que componente o Honda Integra Type R e o Ferrari 550 Maranello partilhavam?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ferrari 550 Maranello e Honda Integra Type R. Nada em comum, certo?

Mais artigos em Notícias