Combustíveis

Mercedes-Benz: “os combustíveis sintéticos não são uma opção viável”

A Mercedes-Benz não vai apostar nos combustíveis sintéticos. A revelação foi feita por Markus Schäfer, diretor de pesquisa e desenvolvimento da marca alemã.

Ao contrário da Audi, Mazda, Volkswagen ou até da McLaren, não veremos a Mercedes-Benz apostar nos combustíveis sintéticos.

A confirmação foi feita pelo diretor de pesquisa e desenvolvimento da Mercedes-Benz, Markus Schäfer, que em declarações à Autocar justificou o porquê de a marca alemã não seguir esse caminho.

Na base desta decisão estão dois fatores: primeiro, a Mercedes-Benz não considera os combustíveis sintéticos uma tecnologia viável a médio prazo; segundo, por essa mesma razão a marca alemã prefere investir, ao invés, na eletrificação.

VÊ TAMBÉM: Fazer combustível do ar ficou mais barato. Será o início da era dos combustíveis sintéticos?

Eletrificação, um compromisso para o futuro

Como declarou Schäfer: “tomámos a decisão clara de que o nosso caminho é o da eletrificação (…) quando estamos a desenvolver novas plataformas pensamos nos elétricos em primeiro lugar”.

De acordo com o executivo alemão: “Transformar energia verde em combustíveis sintéticos é um processo no qual se perde muita eficiência”.

Para Schäfer faz mais sentido colocar essa energia produzida diretamente em baterias, aplicando o investimento destinado aos combustíveis sintéticos no desenvolvimento de modelos elétricos.

Markus Schäfer afirmou ainda que caso os combustíveis sintéticos venham a ser uma realidade, o mais provável é que estes cheguem primeiro à indústria da aviação e só depois, muito depois, à indústria automóvel. Ele afirma que não acredita que a tecnologia dos combustíveis sintéticos chegue à indústria automóvel nos próximos 10 anos.

VÊ TAMBÉM: RCCI. O novo motor que mistura gasolina e gasóleo

Como bem sabes, a temática dos “combustíveis do futuro” tem sido bastante debatida nos últimos tempos, tendo até sido o tema de um episódio do nosso podcast, o Auto Rádio e que podes rever aqui:


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Mercedes-Benz 190?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias