Volta rápida

Mercedes-AMG A 45 S no Nürburgring. Mais rápido que o Mégane R.S. Trophy-R?

Equipado com o quatro cilindros de produção mais potente do mundo, o Mercedes-AMG A 45 S "atacou" o famoso Nürburgring. Qual foi o tempo conseguido?

O Mercedes-AMG A 45 S praticamente dispensa apresentações. Equipado com o quatro cilindros mais potente do mundo (à venda), o modelo alemão é um dos hot hatch mais radicais alguma vez produzidos.

No total garante 421 cv e 500 Nm que são enviados às quatro rodas através da caixa de automática de dupla embraiagem AMG SPEEDSHIFT DCT 8G.

Tudo isto permite ao Mercedes-AMG A 45 S cumprir os 0 aos 100 km/h em apenas 3,9s e atingir os 270 km/h de velocidade máxima.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-AMG GT R em vídeo. Que ABUSO de carro!

Posto isto, será que os 421 cv e a teórica vantagem da tração integral conseguiram não só atenuar o impacto dos 1635 kg de peso, como tornar o Mercedes-AMG A 45 S mais rápido que o hot hatch de referência no “Inferno Verde”, o Renault Mégane R.S. Trophy-R? Foi precisamente o que os nossos colegas da Sport Auto foram descobrir.

A volta ao Nürburgring

Bem… para sermos honestos, toda a potência e tração extra com que o Mercedes-AMG A 45 S conta não foram suficientes para bater o tempo alcançado pelo (muito especial) modelo francês otimizado pelo engenheiros da Renault Sport.

No total, o modelo alemão demorou 7min48,8s para percorrer o traçado (o tempo foi medido de de acordo com as novas regras, com o cronómetro a iniciar e a terminar a contagem no mesmo ponto na linha de partida/chegada) enquanto o Mégane R.S. Trophy-R precisou de 7min45,389s.

A NÃO PERDER: Testámos o Mégane R.S. TROPHY-R. O tração dianteira mais RÁPIDO DO MUNDO (vídeo)

Um tempo assinalável

Seja como for, nada disto retira mérito ao tempo alcançado pelo Mercedes-AMG A 45 S. Tendo em conta a sempre fidedigna “lei do cronómetro”, o tempo alcançado pelo A 45 S coloca-o à frente de “monstros” como o BMW M3 CSL (E46) ou o Aston Martin Vantage GT8, cujo tempo foi 7min50s.

Sabemos que os tempos por volta no Nürburgring são sempre alvo de controvérsia. Para começar, e como já aqui escrevemos várias vezes, não há uma entidade a certificar os recordes obtidos no traçado alemão.

Além disso, muitos dos tempos que nos são dados, como os do Mégane R.S. Trophy-R, são obtidos pelas próprias marcas, o que por vezes levanta dúvidas sobre o quão de “produção” é o carro a ser testado — nesse aspeto, convém novamente realçar que este tempo do A 45 S foi obtido pela publicação alemã Sport Auto, com um carro de série.

Para além disso, as condições climatéricas por lá variam muito e várias vezes influenciam os tempos por volta.

Por fim, deixamos-te aqui o vídeo para que possas ver a volta do Mercedes-AMG A 45 S no Nürburgring. A Sport Auto ressalva que, no entanto, o tempo poderia ser ainda melhor — eles reportam que houve uma falha da caixa de velocidades (7:59), que entrou em ponto morto (N), que eles estimam ter prejudicado o tempo em quase um segundo.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)

Mais artigos em Notícias