Desde 37 961 euros

Testámos o Jeep Compass 1.6 Multijet. Espírito americano com sotaque europeu (vídeo)

Num segmento onde não faltam propostas, o Jeep Compass aposta forte no campo do design. Mas será que é só isso que o Compass tem para oferecer?

Num segmento dominado por proposta europeias, surge o Jeep Compass. Seguramente, um dos modelos da marca americana mais europeu de sempre.

Desenvolvido sobre a mesma base do Jeep Renegade, mas alongada, o Compass pretende conquistar os clientes do velho continente com trunfos que são cada vez mais importantes nos dias que correm: design diferenciado e uma percepção de marca acima da média.

Mas os argumentos do C-SUV da Jeep — aqui na versão Limited equipado com o motor 1.6 Multijet de 120 cv (Diesel) — não se esgotam no design. Assiste ao vídeo:

VÊ TAMBÉM: Jeep também “ligada à corrente” com o Renegade PHEV

O Jeep Compass na Razão Automóvel

Não é a primeira vez que o Compass é motivo de teste aqui na Razão Automóvel.

Revê aqui o teste à sua versão Night Eagle, ou se preferires, vê a galeria de imagens:

Galeria Jeep Compass Night Eagle:


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Preço

unidade ensaiada

38.200

Versão base: €37.961

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 4 cilindros em linha
    • Capacidade: 1598 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção Direta Common Rail + Turbo de Geometria Variável + Intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válvulas por cilindro
    • Potência: 120 cv às 3750 rpm
    • Binário: 320 Nm às 1750 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Manual de seis velocidades
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4394 mm / 1819 mm / 1635 mm
    • Distância entre os eixos: 2636 mm
    • Bagageira: 438 litros
    • Jantes / Pneus: 225/55 R18
    • Peso: 1519 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 6,1 l/100 km
    • Emissões de CO2: 157 g/km
    • Vel. máxima: 180 km/h
    • Aceleração: 10,7 s
  • Garantias
    • Mecânica: 5 anos ou 75 000 quilómetros
    • Reviews Interval: 20 000 em 20 000 quilómetros
  • Equipamento
    • Ecrã TFT monocromático de 3,5" no painel de instrumentos
    • Sistema de áudio com 6 altifalantes
    • Comandos específicos Uconnect no volante
    • Rádio DAB com Serviços Live Uconnect
    • Cruise Control
    • Volante em pele
    • AC automático
    • Jantes em liga leve especificas de 18” escurecidas
    • Pack Function (Espelho interno eletrocromático, Espelhos retrovisores rebatíveis eletricamente, Keyless Entry & Go, Tomada auxiliar 230V, Alarme)
    • Hill Holder - Sistema de ajuda ao arranque
    • ESP (ERM, Trailer Sway Damping, Sistema de travagem anti-bloqueio)
    • TPMS (Pressão de pneus com indicação digital)
    • Aviso de colisão frontal
Extras
Pintura Bicolor branco Solid com teto preto (1100 €); Câmara de estacionamento traseira + sistemas de apoio à condução (1150 €);
Avaliação
7 / 10
Uma proposta muito bem conseguida por parte da Jeep, e bastante adequada ao gosto dos europeus. Distingue-se da concorrência pelo design mas também por um motor 1.6 Multijet muito competente. Por dentro não lhe falta espaço.
  • Conforto de rolamento;
  • Espaço a bordo;
  • Performance do motor 1.6 Multijet;
  • Dotação de equipamento;
  • Sistema de infotainment confuso;
  • Comportamento dinâmico;
Sabes responder a esta?
Qual é SUV mais pequeno da gama Jeep?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Jeep Renegade 1.4 MultiAir: o júnior da gama

Mais artigos em Testes, Ensaio