Salões Automóveis

Salão de Frankfurt vai deixar de ser… em Frankfurt

O Salão de Frankfurt diz adeus à cidade de Frankfurt onde se realizou durante quase 70 anos. Em crise, como todos os salões automóveis, será reinventado e terá nova casa.

A última edição do Salão de Frankfurt aconteceu em setembro de 2019 e revelou um cenário preocupante. Apesar das muitas novidades presentes, 22 marcas automóveis faltaram ao evento e mesmo as marcas da casa tiveram uma presença bem mais contida que o habitual.

O anúncio do fim do Salão de Frankfurt — já não regressa para a edição de 2021 — foi avançado pela Verband der Automobilindustrie (VDA), a entidade organizadora do evento, mas isso não significa que deixará de haver um salão automóvel internacional na Alemanha, o maior mercado europeu.

Na realidade, vai apenas mudar de cidade.

VÊ TAMBÉM: As 32 novidades eletrificadas do Salão de Frankfurt
Mercedes-Benz IAA
IAA são as iniciais que identificam o Salão Automóvel Internacional que ocorre em Frankfurt. Mas em 2015 foi também o nome de um concept da Mercedes, revelado… no IAA em Frankfurt.

É fácil esquecer que o nome oficial do Salão de Frankfurt é realmente Internationale Automobil-Ausstellung (Salão Automóvel Internacional), mais conhecido pelo acrónimo IAA, mas para muitos IAA é sinónimo de Salão de Frankfurt e vice-versa. É o que acontece após quase 70 anos o IAA ter como cidade anfitriã a cidade de Frankfurt.

Para onde é que o vai o Salão de Frankfurt?

A VDA anunciou em comunicado que, de momento, são três as cidades — de um grupo de sete cidades inicial — que estão na corrida para realizar o evento: Berlim, Munique e Hamburgo.

Porquê o mudar de cidade? Começar de novo, que é como quem diz, o “típico” salão automóvel necessita de ser reinventado. Ao longo dos anos Frankfurt tem perdido audiência: se em 2015 recebeu 931 mil visitantes, o ano passado ficou-se pelos 550 000.

Nesse sentido, as candidaturas que a VDA tem de momento em cima da mesa, prometem trazer uma lufada de ar fresco ao velho e tradicional Salão Automóvel. Em comunicado, a VDA refere que foram apresentadas ideias e conceitos que são marcados pela criatividade. O foco destas candidaturas está em como a mobilidade sustentável e urbana podem ser melhoradas nas suas regiões.

Assim, o IAA 2021 — intercala tradicionalmente com o Salão de Paris, que acontece sempre em anos pares —, terá nova casa, com a candidatura vencedora a ser conhecida nas próximas semanas.

Salões automóveis em crise

Os salões automóveis não têm tido vida fácil na última década, tendo-se registado um declínio de interesse e também investimento por parte das marcas automóveis (estar presente representa um avultado investimento por parte da marca) e do público em geral.

Além da deslocalização e reinvenção do Salão de Frankfurt, o caso mais paradigmático e recente foi o do Salão de Detroit. Tradicionalmente, era o primeiro salão automóvel do ano, mas este ano, já não se realizou.

Também os organizadores decidiram reinventá-lo. Continuará a ser em Detroit, mas passará a realizar-se no início do verão, quando o clima é bem mais agradável que o rigoroso inverno do estado do Michigan; e deixa de ter concorrência do CES, o salão da eletrónica que cada vez mais atrai a indústria automóvel e se realiza na mais solarenga Las Vegas.

Além do mais, adotará outro formato, mais aproximado a um tipo de evento como o Festival of Speed em Goodwood, que parece reunir cada vez mais as preferências do público e também das marcas de automóveis.

Também o Salão de Genebra, o grande bastião dos certames europeus, tem vindo a perder marcas. Ainda que sejam ausências marginais e que se esperam intermitentes, muitas vezes motivadas pela optimização de orçamentos, porque ao contrário de Frankfurt, Genebra continua a ser o “Salão dos Salões” no que a visitantes diz respeito.

Com vista a um contacto mais sensorial com os automóveis, na próxima edição o Salão de Genebra terá uma pista de testes interior, que dará oportunidade aos visitantes de testarem os novos modelos que lá serão apresentados.

VÊ TAMBÉM: As imagens exclusivas do Goodwood Festival of Speed 2019

Será esta a fórmula a seguir para o futuro Salão de Frankfurt, que deixará de ser em Frankfurt?

Mais artigos em Notícias