Mercado

Em França alguém comprou um Citroën Xsara novo em… 2019

Com a chegada de um novo ano, é altura de analisar os dados de vendas do ano anterior. E entre os muitos números há algumas vendas, no mínimo, curiosas.

O ano novo não é apenas época de festa e folia. É também altura de proceder ao balanço das vendas automóvel do ano anterior e, à medida que os resultados de vendas dos mais diversos mercados vão sendo divulgados, há alguns que são, no mínimo, peculiares.

Enquanto por cá já sabemos quais foram as marcas que mais venderam em 2019, em França, a L’Automobile Magazine decidiu recorrer aos dados de vendas divulgados pelo site Autoactu para reunir os modelos dos quais se venderam menos de 25 unidades no ano transato.

Numa lista muito eclética, alguns nomes são bem conhecidos como o Alfa Romeo MiTo ou o Fiat Punto, dos quais se venderam, respetivamente, 22 e 15 unidades, todas elas restos de stock, uma vez que ambos os modelos já não se produzem.

VÊ TAMBÉM: Já sabemos porque os SUV e Crossover vendem tanto…

Dos exclusivos aos excluídos

Para além destes, a lista é também composta por modelos que, verdade seja dita, não nos surpreende que tenham vendido poucas unidades tal é a sua exclusividade. Entre eles encontramos os Rolls-Royce Phantom e Cullinan, Bentley Bentayga ou o Maseratti Quattroporte.

Já outros são uma surpresa, tratando-se de modelos que, teoricamente, nem sequer se vendem no mercado europeu. Um bom exemplo é o Peugeot 301. “Irmão” do Citroën C-Elysée, o 301 destina-se aos mercados emergentes e não é oficialmente vendido na Europa. Ainda assim, houve sete franceses que compraram um no “Velho Continente” em 2019.

VÊ TAMBÉM: Opel Corsa GS Line contra Peugeot 208 GT Line. Qual o melhor?

As “Fénix renascidas”

Verdadeiramente surpreendente é surgirem no registo de vendas automóveis de 2019 em França, modelos que já deixaram de ser fabricados… aos anos. Por exemplo, houve alguém que adquiriu em 2019 uma das últimas unidades (quiçá a última) do Opel Speedster, um modelo cuja última unidade saiu da linha de produção em… 2005! Ainda assim, dada a relativa raridade do roadster alemão, esta compra é facilmente justificável.

VÊ TAMBÉM: Opel Grandland X Hybrid. Agora também com tração dianteira
Opel Speedster

Mais difícil de compreender são as razões que levaram alguém a comprar um Peugeot 407 novo em 2019. Seria a versão Coupé? Não sabemos, mas caso não fosse gostávamos de conhecer as razões dessa escolha.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Peugeot 508 2.0 BlueHDI: um premium à francesa?
Peugeot 407 Coupé
Se o exemplar do Peugeot 407 vendido era da versão Coupé a escolha será mais compreensível.

Ainda assim, estas duas vendas parecem “normais” quando verificamos que em pleno 2019 alguém achou que fazia sentido comprar aquela que deveria ser uma das últimas unidades em stock do… Citroën Xsara!

Pois é, em França alguém comprou em 2019… um Xsara novo. Caso não te recordes, o familiar compacto francês esteve em produção entre 1997 e 2003 (as versões VTS e Break duraram até 2004 e a comercial até 2006) e, com exceção da versão VTS, dificilmente se pode considerar um modelo especialmente colecionável.

VÊ TAMBÉM: Citroën C3 Aircross. Rei do espaço e do conforto?

Não sabemos qual a versão do Xsara adquirida, mas a curiosidade é elevada —  o que levou alguém a comprar uma das últimas unidades em stock de um modelo que se reformou há cerca de 17 anos? Terá sido um impulso emocional por a marca ter celebrado o seu 100º aniversário?

E tu, compravas?

Não é a primeira vez que vemos modelos que já deixaram de ser produzidos surgirem nos registos de vendas de automóveis novos anos depois. Um dos casos recentes mais paradigmáticos, foi quando se descobriu que existiam ainda uma dúzia de Lexus LFA — o que a Lexus teve mais próximo de um superdesportivo até aos dias de hoje — por vender nos EUA.

Fonte: L’Automobile Magazine

Sabes responder a esta?
Qual é a autonomia em modo elétrico do Citroën C5 Aircross Hybrid?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

C5 Aircross Hybrid. O primeiro híbrido plug-in da Citroën

Mais artigos em Notícias