Mercado

O quê?! Pelo menos 12 Lexus LFA novos ainda estão por vender

No mês passado foi vendido um Lexus LFA novo nos EUA, apesar da produção ter terminado em 2012. Como é que tal é possível?

O Lexus LFA foi um dos raros superdesportivos japoneses a existir. Um desenvolvimento agonizantemente lento deu origem a uma máquina fascinante. Marcado por um estilo acutilante e, sobretudo, pelo V10 NA de 4,8 l que o equipava. A sua capacidade de devorar rotações é lendária, debitando 560 cv a umas estridentes 8700 rpm. O som era verdadeiramente épico:

Foi produzido apenas em 500 unidades durante dois anos, entre o final de 2010 e o final de 2012. Estamos em 2017, pelo que seria de esperar que todos os LFA tivessem encontrado casa… ou melhor, garagem. Mas parece que não é bem assim.

Foi a Autoblog que, ao esmiuçar os números de vendas automóveis nos EUA durante o passado mês de julho, deparou-se com um Lexus LFA vendido. Considerando que se trata de vendas para automóveis novos, como é que é possível ainda haver vendas de um carro que deixou de ser produzido há cinco anos? É altura de investigar.

VÊ TAMBÉM: Aston Martin quer eletrificar os seus clássicos
Lexus LFA

Quando questionados sobre o Lexus LFA, os responsáveis da Toyota afirmaram, espantosamente, que não era o único. O ano passado venderam seis, e ainda permanecem, nos EUA, 12 Lexus LFA por vender! Os 12 superdesportivos estão classificados como inventário dos distribuidores. Sim, existem 12 LFA, com zero quilómetros e pelo menos cinco anos de idade, que ainda podem ser vendidos como novos.

Os representantes norte-americanos da marca japonesa não souberam responder se existem mais Lexus LFA na mesma situação fora dos EUA, não dispondo dessa informação.

Mas como é possível?

A Lexus International responde. Inicialmente, quando o Lexus LFA começou a ser vendido nos EUA, a marca estava disposta a aceitar apenas encomendas diretas dos clientes finais, evitando a especulação dos preços.

Mas para responder a uma quebra de encomendas em 2010, a marca decidiu tomar outras medidas. Para garantir que os carros não ficavam parados na fábrica, a marca permitiu que os clientes que já tinham reservado um LFA pudessem reservar um segundo. E também permitiu a distribuidores e executivos a possibilidade de encomendarem carros para eles ou para vender através de representantes oficiais da marca.

E são estes últimos que têm ressurgido, de vez em quando, nos registos de vendas de carros novos. No entanto, considerando que alguns destes distribuidores já têm os carros há cinco anos, não parecem ter muita pressa de os vender. São máquinas excelentes para exibição ou até para coleccionar, pelo que a venda de cada unidade pode representar valores avultados acima do preço já de si elevado do Lexus LFA.

É a própria Lexus International que o diz: “Alguns destes carros podem nunca ser vendidos, excepto talvez pelo herdeiros dos distribuidores”.

Atualização a 4 de janeiro de 2019: Novamente, através da Autoblog, tomámos conhecimento de que dos 12 que ainda permaneciam para vender à data de publicação deste artigo, quatro já foram vendidos durante 2018, permanecendo oito Lexus LFA por vender.

Atualização a 6 de agosto de 2019: A Autoblog reporta que mais três LFA foram vendidos, para já, em 2019, curiosamente, todos em janeiro. Ou seja, ainda restam uma mão cheia de Lexus LFA por vender.

Mais artigos em Notícias