Vídeo

Porsche Taycan em vídeo. Estivemos com o primeiro 100% elétrico da Porsche

Fomos até à Alemanha para ver em primeira mão o novo Porsche Taycan, o primeiro 100% elétrico da Porsche. O evento de revelação decorreu em três continentes, em simultâneo.

Não é todos os dias que podemos dizer que estivemos presentes num momento histórico para o setor automóvel. Até podem discordar, mas o dia em que a Porsche revela o seu primeiro 100% elétrico de produção em série, está longe de ser um dia como os outros.

Neste artigo não me vou focar nos detalhes técnicos do Porsche Taycan. Se é isso que procuras, o Fernando elaborou um trabalho fantástico onde reuniu tudo o que precisas de saber sobre o Porsche 100% elétrico.

Durante a revelação mundial do Porsche Taycan fizemos um vídeo onde podes ver os primeiros detalhes deste novo modelo:

Este 100% elétrico vai nascer na nova fábrica da Porsche em Zuffenhausen, que começará a laborar uma semana após a revelação mundial do Taycan.

O investimento de 700 milhões de euros nesta nova unidade fabril, uma fábrica 4.0, permitirá uma produção neutra em emissões de CO2. Faz parte da estratégia de digitalização e sustentabilidade da Porsche.

Há alguns meses estive nos bastidores do controlo de qualidade do Porsche 911 e estavam a terminar esta nova fábrica. Acreditem quando vos digo: não foram feitas concessões em nada.

RELACIONADO: Taycan. Todos os números do primeiro elétrico da Porsche

Nos últimos quatro anos a Porsche esteve completamente focada no desenvolvimento do Taycan, um lançamento que é tão importante, como o dia em que lançaram o Porsche 911. Para a Porsche e segundo Oliver Blume, CEO da marca, os motores elétricos são o terceiro pilar em que a marca está a apoiar a sua estrutura.

Nos próximos 10 a 15 anos vamos continuar a produzir motores de combustão, soluções híbridas e elétricas.

Oliver Blume, CEO da Porsche

Na guerra dos elétricos de alta performance, não existir lá um Porsche a dar luta, seria deitar a toalha ao chão numa altura em que o setor automóvel está motivado a encontrar alternativas aos motores de combustão. Esta jornada é tão importante que, em 2022, o investimento da Porsche na mobilidade eléctrica ultrapassará os seis mil milhões de euros.

porsche taycan 2019 © Diogo Teixeira / Razão Automóvel
Os rumores confirmaram-se. A Porsche optou por manter uma ligação ao passado no Taycan: na traseira surgem as designações Turbo e Turbo S.

É inegável a importância que o Taycan tem para a Porsche. As vozes dissonantes irão sempre discordar, são os mesmos que dizem que a Porsche nunca deveria ter lançado um Cayenne, Cayenne Coupé, Macan, Panamera, Panamera Sport Turismo

A nossa bitola para o Taycan fomos nós próprios. Este carro comporta-se como um Porsche 911.

Oliver Blume, CEO da Porsche

Mas a verdade é que só com estes modelos é que a marca alemã conseguiu sonhar com um futuro sustentável e que permitisse que modelos como o Porsche 911 GT2 RS vissem a luz do dia. No limite, só assim é possível que exista uma Porsche como a que temos nos dias de hoje.

porsche taycan 2019 © Diogo Teixeira / Razão Automóvel
Na Alemanha os embaixadores da Porsche dividiram o palco com o Porsche Taycan Turbo S.

Está aberto o caminho da Porsche para a mobilidade 100% elétrica. O que é que o futuro nos reserva? Neste momento, com a sustentabilidade inscrita no ADN da marca alemã, certamente que teremos mais novidades a caminho.

O Porsche Taycan começa a ser entregue aos clientes no início de 2020. Vê os preços e especificações completas do Porsche Taycan Turbo e Porsche Taycan Turbo S.

Mais artigos em Primeiro Contacto

Os mais vistos