Vídeo

Jason Cammisa: “O MAT Stratos é o melhor Ferrari V8 alguma vez feito”

Já o admirámos sob as luzes de Genebra, mas agora é altura de ver e ouvir o MAT Stratos em ação — com caixa manual —, com Jason Cammisa ao volante.

Um ícone renascido, foi assim que definimos o MAT Stratos quando o conhecemos, e não parece que nos enganámos.

Forma em cunha, refletindo as futuristas linhas — saída das mãos do mestre Gandini — do Lancia Stratos original? Presente. Motor Ferrari atmosférico em posição central traseira? Sim, também tem.

Sim, o MAT Stratos não nasceu para competir, como o Lancia Stratos o fez com tanto sucesso na década de 70 — deu o título de construtores no Campeonato Mundial de Ralis à Lancia em 1973, 1974 e 1975. Poderíamos reduzi-lo a um exercício de mero estilo, em homenagem ao original, mas como descobrirão neste vídeo, é muito mais que isso.

VÊ TAMBÉM: Novo “Lancia” Stratos em vídeo. A primeira de 25 unidades
MAT Stratos por Jason Cammisa
Tão quente que a única forma de conduzi-lo é… sem calças.

Mais pequeno, mais leve, mais potente

O MAT Stratos difere do Lancia Stratos em aspetos chave, consequência da base a que recorreram, a de um Ferrari F430, para o tornar realidade. O motor continua a ser Ferrari, não um V6 como o original, mas um V8; e o seu posicionamento, apesar de ainda ser central traseiro, passou a ser longitudinal em vez de transversal.

Quase que o poderíamos considerar, em nome da tradição, um F430 SWB (Short Wheel Base), ou seja, um F430 com distância entre eixos curta, pois foram retirados 20 cm ao Ferrari dador (2,4 m em vez de 2,6 m), garantindo as proporções certas ao Stratos, e originando um animal distinto do ponto de vista dinâmico.

Para mais, o MAT Stratos, ao anunciar aproximadamente 1250 kg a seco é mais leve até que um 430 Scuderia em 90 kg, e consegue extrair mais 30 cv do 4,3 V8 que este — 540 cv no total.

Mais potente, mais leve, mais ágil, já seria o suficiente, mas a cereja no topo do bolo é que podemos equipar o MAT Stratos com uma caixa de velocidades manual — um item raro no F430 e impossível de obter num 430 Scuderia… Um ingrediente que eleva a experiência de condução a um outro nível.

É o que diz o conhecido jornalista e apresentador, o regressado Jason Cammisa, que teve oportunidade de testar esta muito especial máquina para o canal de YouTube da ISSIMI Official

No vídeo podemos descobrir as origens deste novo Stratos, que remontam há mais de duas décadas, e o longo processo até se tornar uma realidade, onde até o “nosso” Tiago Monteiro teve uma palavra a dizer, ao ter contribuído para o desenvolvimento do primeiro protótipo em 2010.

Cammisa ficou de tal forma impressionado com o MAT Stratos — um carro tão excitante de olhar como de conduzir —. que conclui com as palavras “o melhor Ferrari V8 alguma vez feito”, uma declaração que conhecerá os seus detratores, sem dúvida. Fiquem com o vídeo em inglês que, infelizmente, não se encontra legendado:

Sabes responder a esta?
O Lancia Delta Futurista foi criação da…
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

A pergunta que ninguém fez a Eugenio Amos, o criador do Lancia Delta Futurista

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos