Arranque a Frio

O duplo rim da BMW vai continuar a crescer?

O duplo rim XXL que vimos no renovado Série 7 e no novo X7 tem sido tópico quente de discussão. A grelha em duplo rim da BMW irá continuar a crescer?

Não. É o que garante Adrian van Hooydonk, diretor de design do grupo BMW, em declarações à Autocar. De acordo com ele, o (não) problema do duplo rim XXL que encontramos no Série 7 e X7, são específicos destes modelos, os seus topos de gama.

Nos outros modelos, apesar de mais expressiva e pronunciada nos últimos que foram revelados, a grelha em si não deverá crescer em dimensão.

O designer defende a frente marcante do renovado Série 7, indo de encontro às críticas dos clientes — não se destacava o suficiente, diziam após o lançamento em 2015. Os principais mercados do Série 7 são os EUA e a China, onde o cliente-tipo é mais novo e extrovertido que o europeu.

Em relação ao X7, o duplo rim XXL é justificado pelas dimensões do imenso SUV, sendo o maior veículo da BMW, estando em proporção — no entanto, como refere, comparando com a concorrência (Q7 ou GLS), a grelha do X7 é a mais pequena…

BMW X7 2019

Adrian van Hooydonk afirma que possamos assistir a uma inversão desta solução, já que os gostos globais tendem a convergir, pelo que podemos esperar algo um pouco mais subtil nas próximas gerações dos dois modelos.

VÊ TAMBÉM: Designer faz um “lavar de cara” ao novo BMW Série 1

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Em que ano a Renault conquistou a sua primeira vitória na Fórmula 1?

Mais artigos em Notícias