Apresentação

Citroën 19_19 Concept. É assim que a Citroën quer que seja o carro do futuro

Depois do Ami One, a Citroën "voltou à carga" com mais um protótipo e revelou o 19_19 Concept, a sua visão para o carro elétrico e autónomo do futuro.

No ano em que celebra 100 anos de existência, a Citroën tem para revelar qual a sua visão acerca do automóvel do futuro. Primeiro fê-lo com o pequeno Ami One, um “cubo” com rodas que faz da simetria um argumento e que é, para a marca francesa, o futuro da mobilidade urbana.

Agora, decidiu que era altura de revelar a sua visão para o futuro das viagens de longa distância. Designado 19_19 Concept, o protótipo deve o seu nome ao ano de fundação da marca, e apresenta-se como uma visão dos automóveis elétricos e autónomos do futuro destinados às viagens mais longas.

Com um design que foi buscar inspiração à aviação e cuja principal preocupação foi a eficiência aerodinâmica, o 19_19 Concept não passa despercebido, com o habitáculo a parecer suspenso sobre as enormes jantes de 30” polegadas. Quanto à apresentação ao público, essa está reservada para o dia 16 de maio no VivaTech, em Paris.

VÊ TAMBÉM: És tu, Qashqai? IMQ Concept é o futuro eletrificado dos crossovers da Nissan
Citroën 19_19 Concept
A assinatura luminosa (tanto dianteira como traseira) é semelhante à que encontramos no Ami One e deixa antever o que aí vem em termos de design na Citroën.

Autónomo e…rápido

Tal como a grande maioria dos protótipos que as marcas ultimamente têm apresentado, também o 19_19 Concept é capaz de se conduzir de forma autónoma. Ainda assim, este não abdicou do volante nem dos pedais, sendo por isso possível o condutor assumir o controlo sempre que quiser.

Dotado de dois motores elétricos (que lhe oferecem tração integral) capazes de debitar 462 cv (340 kW) e 800 Nm de binário, o 19_19 Concept acelera dos 0 aos 100 km/h em apenas 5s e atinge os 200 km/h de velocidade máxima.

VÊ TAMBÉM: Wankel. Mazda confirma regresso, mas não como estás a pensar…
Citroën 19_19 Concept
Apesar de ser capaz de se conduzir d eforma autónoma, o 19_19 Concept continua a contar com volante e pedais.

A alimentar os dois motores surge um pack de baterias de 100 kWh de capacidade que permite uma autonomia de 800 km (já de acordo com o ciclo WLTP). Estas, em apenas 20 minutos podem recuperar 595 km de autonomia através de um processo de carregamento rápido conseguem ainda ser recarregadas através de um sistema de carregamento por indução.

VÊ TAMBÉM: Ferrari P80/C. Um cliente quis um Ferrari único para circuitos e a marca disse… sim

Conforto a toda a prova

Apesar do aspeto futurista, o 19_19 Concept não deixou de parte os valores da Citroën, usando até um deles como imagem de marca. Falamos, claro está, do conforto.

Criado com o objetivo de “reinventar as longas viagens de carro, esboçando uma abordagem de ultra-conforto, trazendo aos ocupantes viagens regenerativas e reparadoras”, o 19_19 Concept surge com uma versão nova e modificada da suspensão de batentes hidráulicos progressivos que já conhecemos do C5 Aircross.

VÊ TAMBÉM: CUPRA Formentor em vídeo. O primeiro 100% CUPRA
Citroën 19_19 Concept
No interior do protótipo da Citroën encontramos quatro autênticas poltronas.

Segundo Xavier Peugeot, Diretor de Produto da Citroën, através do protótipo agora apresentado a marca francesa “projeta no futuro dois dos seus principais genes (…) design arrojado e conforto do século XXI”.

Sabes responder a esta?
Qual era a cilindrada do Citroën BX 4TC?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Citroën BX 4TC: o carro de ralis que a Citroën quis esquecer

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos