Apresentação

Tesla Model 3 de 35 mil dólares (finalmente) lançado

Demorou, mas chegou. Elon Musk anunciou-o em 2016, chegando finalmente ao mercado (norte-americano) o Tesla Model 3 de 35 mil dólares.

Na primeira apresentação do Tesla Model 3, que ocorreu em 2016, Elon Musk anunciou, com pompa e circunstância, que o seu “elétrico para as massas” custaria 35 mil dólares, à volta de 30 800 euros.

Como sabemos, os eventos que se seguiram após a sua chegada ao mercado, já no final de 2017, contaram outra história…

Os primeiros Model 3 surgiram com um preço de 49 mil dólares, já que todos eles saíam da problemática linha de produção com mais equipamento e o maior conjunto de baterias. A justificação? Uma necessária rentabilidade para atenuar a hemorragia de dinheiro de que sofria.

VÊ TAMBÉM: Polestar 2. O rival do Tesla Model 3 com genes de crossover
2017 Tesla Model 3 elétricos

A variante de acesso de 35 mil dólares teria de esperar… Ainda antes surgiram as mais caras versões Dual Motor, o que elevou o preço médio de aquisição do Model 3 para uns pouco “democráticos” 60 mil dólares (à volta de 52 800 euros). 

Redução de custos

O cenário entretanto melhorou. A resolução dos problemas na linha de produção e os números crescentes de produção tornaram o Tesla Model 3 num sucesso de vendas, com o construtor norte-americano a apresentar lucros nos últimos dois trimestres de 2018.

As peças finalmente encaixaram-se para que o Model 3 dos 35 mil dólares tivesse condições de ser lançado sem significar prejuízos para a Tesla.

Para isso também contribuíram algumas medidas, com o objetivo de reduzir os custos operacionais. A primeira passa pela redução da força de trabalho (uma primeira redução já tinha ocorrido em julho passado), com a supressão anunciada de 7% dos funcionários — estima-se que ascenda a mais de 3000 postos de trabalho.

Outra medida relaciona-se com o acto de compra de qualquer modelo Tesla que passará a ser exclusivamente online. Várias lojas Tesla já foram encerradas nos EUA, mantendo apenas algumas em locais estratégicos, que servirão de pontos de informação ou galerias.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

O Model 3 de 35 mil dólares

A versão de acesso ao Model 3, naturalmente, é aquela que apresenta o conjunto de baterias mais pequeno — esta versão é denominada Standard Range. Mesmo assim a autonomia máxima estimada é de 354 km (dados da versão norte-americana).

Terá apenas duas rodas motrizes, e cumpre em 5,6s os 0-60 mph (0-96 km/h), atingindo uma velocidade máxima de 210 km/h. Também estreia uma nova versão do interior, simplesmente denominado “Standard”, onde o ajuste dos bancos (revestidos a tecido) e direção é manual, e o sistema áudio é o mais básico.

Tesla Model 3

 

Esta versão de acesso é acompanhada por outra, a Standard Plus, que, por mais 2000 dólares, adiciona não só mais autonomia (386 km), como melhores prestações — 5,3s nos 0-60 mph e 225 km/h de velocidade máxima —, além de um interior enriquecido, denominado Partial Premium, que adiciona bancos dianteiros (com revestimento “premium”) de ajuste elétrico e aquecidos, um sistema áudio melhorado, entre outros.

As encomendas para o Tesla Model 3 de 35 mil dólares já abriram na América do Norte, com as primeiras entregas previstas para daqui a quatro semanas. E para a Europa? Teremos de esperar entre três a seis meses.

Mais atualizações

A chegada do mais barato dos Tesla Model 3 serviu também de oportunidade para algumas atualizações. Entre as atualizações de firmware anunciadas, seja para novos clientes ou para os existentes, a variante Long Range com apenas duas rodas motrizes viu a sua autonomia elevada para os 523 km (dados versão norte-americana); a versão Performance passou a atingir 260 km/h de velocidade máxima em vez de 250 km/h; e todos os Model 3 passam a disponibilizar um pico de potência aproximadamente 5% superior — automóvel v2.0, sem dúvida… 

Sabes responder a esta?
Qual a autonomia máxima do Hyundai Kauai Electric?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Hyundai Kauai Electric. Carga máxima!

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos