Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Eventos

Raid do Bucho e Outros Sabores, um passeio onde o prato forte foi o TT

Pelo décimo ano consecutivo, o Raid do Bucho e Outros Sabores fez-se à estrada num fim de semana repleto de aventura e nós fizemos parte da caravana.

Num primeiro fim de semana de primavera que mais pareceu de verão, o Clube Escape Livre manteve-se fiel à tradição e levou para a os trilhos da região da Guarda o 10º Raid do Bucho e Outros Sabores, o primeiro evento do calendário de atividades todo-o-terreno do clube da Guarda.

Num fim-de-semana que misturou gastronomia, cultura e, como é óbvio, todo-o-terreno, a Razão Automóvel juntou-se a uma caravana composta por 46 viaturas e pôde confirmar de perto as razões pelas quais este passeio já conquistou centenas de participantes ao longo dos seus dez anos de existência.

VÊ TAMBÉM: É este o aspeto de um motor de táxi com 800 000 km

A caminho da cidade mais alta

Sexta-feira à tarde e com cerca de 350 km de auto-estrada pela frente, a ideia de poder fazer parte de um dos mais conhecidos passeios do panorama de todo-o-terreno turístico nacional ajudava a melhorar a perspetiva de umas longas três horas ao volante até à mais alta cidade portuguesa.

Chegados à Guarda, demos de caras com aquelas que são as imagens de marca do Clube Escape Livre: pontualidade, profissionalismo e, acima de tudo, simpatia, tudo isto fatores que ajudam a explicar o sucesso dos eventos do Clube Escape Livre.

Raid do Bucho
Sexta-feira ao fim da tarde houve tempo para fazer uma visita ao Lagar da Ramela.

Com o centro de operações no Hotel Vanguarda, foi lá que deixámos o Dacia Duster que nos acompanhou neste fim de semana (era também o veículo oficial do passeio) para partir à descoberta do azeite do Vale da Teixeira que pudemos conhecer no Lagar da Ramela onde tivemos a oportunidade de provar diversas iguarias e produtos da região.

VÊ TAMBÉM: Troféu C1 Learn & Drive. Esta é a nossa máquina
Raid do Bucho
Esta passagem a vau era a que mais exigência oferecia, mas o apoio da equipa do Clube Escape Livre assegurou que todos os participantes a cumpriram sem problemas.

O prato forte de sábado? O todo-o-terreno

Depois de no dia anterior termos ido até ao Lagar da Ramela de autocarro, no sábado deixámos as “mordomias” de sermos conduzidos e partimos à descoberta dos trilhos da região da Guarda. Assim, de manhã seguimos em direção à Aldeia Histórica de Castelo de Mendo pelos caminhos que ladeiam a A25, um caminho mais lento, mas sem dúvida mais interessante.

Após termos conhecido a pitoresca aldeia seguimos por fora de estrada encontrando pelo caminho alguns dos pontos altos do passeio: a travessia de vários cursos de água (que ajudaram a “lavar” os jipes) e a subida de um exigente corta-fogo, onde os mais aventureiros puderam pôr à prova as capacidades dos seus 4×4, sempre com o apoio da equipa do Clube Escape Livre.

Raid do Bucho
Um dos momentos altos do passeio foi esta subida onde os mais aventureiros puderam colocar à prova as suas máquinas.

Já a hora de almoço foi o momento ideal não só para confratenizar como para a eleição do Melhor Bucho Raiano. De tarde, os trilhos levaram-nos até Almeida, havendo ainda tempo para mais uma passagem a vau, a mais complicada delas todas mas também a mais entusiasmante, sendo escusado dizer que a ajuda da organização continuou a ser uma constante.

VÊ TAMBÉM: Engelberg Tourer PHEV. O Mitsubishi híbrido que até dá energia à casa
Raid do Bucho
As paisagens deslumbrantes foram uma constante ao longo do percurso.

Uma vez chegados a Almeida, foi altura de dar descanso às máquinas e aproveitar não só para conhecer a vila como de assistir às manobras militares feitas pelo GRHMA (Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida). O dia de sábado terminou no Hotel Vanguarda onde foram distribuídas várias lembranças aos participantes.

VÊ TAMBÉM: 508 HYbrid é o primeiro híbrido plug-in da Peugeot

Todos os caminhos levam à Freineda

Como é habitual, no domingo o todo-o-terreno continuou a ser rei, com o rio Côa a servir de pano de fundo e os trilhos ladeados pelos muros de pedra típicos da região a permitirem pôr à prova os 4×4.

Esta décima edição é um marco importante e representativo do sucesso desta festa e do passeio que o Clube Escape Livre aceitou fazer connosco, trazendo participantes de norte a sul do país que encontram aqui o melhor das nossas tradições

Miguel Simões, presidente da Junta de Freguesia de Freineda

Já no final da manhã, os trilhos levaram-nos até à aldeia da Freineda onde pudemos assistir à atuação do GRHMA de homenagem ao duque de Wellington. Por fim, e para terminar em beleza, ao almoço o bucho raiano foi rei, com mais de 600 pessoas a reunirem-se à mesa no recinto da Festa do Bucho (um novo recorde).

VÊ TAMBÉM: Este 190 E 2.3-16 Cosworth à venda recorda-nos porque gostamos de especiais de homologação

O nosso parceiro neste passeio foi o Dacia Duster 4×4 e a verdade é que o SUV romeno voltou a mostrar-se à altura das ocasiões, não deixando créditos por mãos alheias e respondendo sempre da melhor forma aos mais diversos desafios que o 10º Raid do Bucho e Outros Sabores lhe foi apresentando, permitindo seguir sempre o bem elaborado road-book.

Sabe responder a esta?
Quando é que se realiza o Off Road Razão Automóvel?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Clube Escape Livre já divulgou o calendário de atividades para 2019

Mais artigos em Notícias