Design

As entradas e saídas de ar do Toyota Supra são ou não são funcionais?

O novo Toyota Supra é dos tópicos mais quentes em discussão no mundo automóvel. A mais recente controvérsia? As entradas e saídas de ar na sua carroçaria.

O novo Toyota Supra tem dado azo a todo o tipo de discussões e controvérsias no universo automóvel, um dos tópicos mais “quentes” neste início de ano.

Pudera… do legado do nome, ao lendário 2JZ-GTE, até a presença na saga “The Fast and Furious” ou na Playstation elevaram o estatuto do Supra — já se paga mais de 100 mil euros por um Supra A80, demonstrando o valor crescente do desportivo japonês.

Entre as muitas controvérsias e tópicos de discussão sobre este novo desportivo germano-nipónico, uma das mais recentes referem-se à profusão de entradas e saídas de ar ao longo da sua carroçaria, tema que tem concentrado atenções nas publicações norte-americanas Jalopnik e Road & Track.

RELACIONADO: Oficial. Finalmente, aqui está o novo Toyota GR Supra

São mesmo muitas. Na frente há três entradas de ar, uma no prolongamento das extremidades dos faróis, uma saída de ar em cada lado do capot, uma entrada de ar na porta, e vemos duas saídas laterais a delimitarem a traseira, iniciando no prolongamento das extremidades das óticas traseiras.

Destas todas, só às da frente são efetivamente verdadeiras — apesar das duas laterais estarem parcialmente tapadas. Todas as outras entradas e saídas estão tapadas, parecendo não servir nenhum outro propósito que apenas o estético.

RELACIONADO: 40 anos de Toyota Supra em quatro minutos
Supra não é o único
Reparem na maioria dos carros novos e relativamente recentes, e se observarmos atentamente as grelhas, entradas e saídas de ar presentes, constatamos que maior parte delas estão tapadas, servindo apenas um propósito estético ou decorativo — não é só Fake News, a era do Fake Design está em toda a sua força. 

Os argumentos

A Jalopnik começou por apontar todas as entradas e saídas de ar falsas no novo Supra, mas a Road & Track teve oportunidade de questionar Tetsuya Tada, o engenheiro chefe do programa de desenvolvimento do novo Toyota Supra, precisamente sobre esta temática.

E Tetsuya Tada justificou-as (através de um tradutor), referindo como a meio do desenvolvimento do Supra de estrada, iniciaram também o desenvolvimento de um Supra para competição. As necessidades distintas do carro de competição acabariam por influenciar o design final do carro de estrada, incluindo a presença das múltiplas entradas e saídas de ar.

De acordo com Tetsuya Tada, apesar de estarem tapadas, elas estão lá para serem usufruídas pelo carro de competição, onde estarão a descoberto. Nalguns casos, nas palavras do engenheiro-chefe, não basta simplesmente “arrancar” o plástico que as tapa — poderá exigir mais trabalho —, mas todas elas poderão servir o propósito de refrigeração e aerodinâmico que para o qual foram inicialmente pensadas.

O único Supra para circuitos que vimos até agora foi o protótipo Toyota Supra GRMN, apresentado no Salão de Genebra de 2018, sem confirmação sobre a sua eventual entrada em competição, e também qual categoria — LMGTE, Super GT, etc…

Como é possível observar, o Supra GRMN recebeu extensas alterações na sua carroçaria — bem mais largo e com secções novas, como a traseira com perfil distinto da do carro de estrada. Trata-se do primeiro protótipo conhecido, pelo que até vermos o carro que irá efetivamente competir, poderemos assistir a mais alterações. E haverá espaço para um Supra de competição mais próximo do carro do estrada?

TESTE: Finalmente (!) ao volante do novo Toyota Supra

Mesmo assim, após as declarações de Tetsuya Tada, a Jalopnik insiste no seu argumento, com o autor do artigo a não acreditar nas palavras do engenheiro-chefe do Supra, e para isso, demonstra-o com uma série de imagens (sigam o link no final do artigo) que mostra onde algumas das supostas entradas e saídas de ar desembocam, constatando que não é possível torná-las funcionais.

Afinal, em que é que ficamos? Pura decoração — efetuando a ligação visual ao concept FT-1 que serviu de base ao desenho do novo Supra —, ou poderão ser realmente funcionais, quando aplicadas na competição ou numa preparação?

Fontes: Road & Track e Jalopnik

Sabes responder a esta?
O Toyota Gazoo GR Super Sport Concept deriva de que carro?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Toyota Gazoo GR Super Sport Concept. De Le Mans para a estrada.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos