Eletrificação

Todos querem eletrificar o Ford Mustang

Por norma associamos o Ford Mustang a um potente (e barulhento) motor V8. No entanto há quem queira associá-lo a um motor… elétrico.

Lembras-te quando passam imagens mais chocantes no telejornal e o apresentador avisa os telespectadores mais sensíveis? Pois bem, neste caso fazemos o mesmo. Se és um petrolhead mais conservador e a simples ideia de um Ford Mustang elétrico te causa mal estar, então prossegue na leitura deste artigo com especial precaução.

Agora que já estás avisado, deixa-nos falar-te de duas empresas que querem transformar o Ford Mustang num carro… elétrico. A primeira empresa, a Charge Cars está sediada em Londres e criou uma versão modernizada e elétrica do Ford Mustang original (sim, aquele que viste em filmes como o “Bullit” ou o “Gone in 60 seconds”).

Debaixo de uma das mais emblemáticas carroçarias do mundo automóvel surge uma bateria de 64 kWh de capacidade (que permite uma autonomia de cerca de 200 km) que alimenta um motor elétrico que debita 408 cv (300 kW) e 1200 Nm de binário — 7500 Nm às rodas. Estes números permitem cumprir os 0 aos 100 km/h em apenas 3,09s.

VÊ TAMBÉM: 9 dicas que podem aumentar a autonomia do teu carro elétrico

A Charge Cars planeia produzir 499 unidades deste Mustang elétrico, recorrendo a “carroçarias oficialmente licenciadas”. Para reservares uma dessas unidades tens de pagar 5 mil libras (cerca de 5500 euros) sendo que o preço, sem opcionais, deve ficar por volta das 200 mil libras (cerca de 222 mil euros).

Um Ford Mustang… russo?!

A segunda empresa que quer criar carros elétricos baseados no Ford Mustang original (pelo menos com base no seu visual) vem da… Rússia. A Aviar Motors é uma start-up russa que decidiu criar um carro elétrico baseado no Ford Mustang Fastback de 1967. Assim, a primeira criação da Aviar Motors chama-se Aviar R67.

Aviar R67
Pode parecer um Ford Mustang Fastback de 1967, mas não é. Este é o Aviar R67, um muscle-car elétrico vindo… da Rússia.

A empresa russa afirma que o Aviar R67 é “o primeiro muscle car elétrico com uma incrível aceleração, dinâmica e elevado nível de conforto”. Debaixo da carroçaria inspirada na do Ford Mustang, o R67 conta com uma bateria de 100 kWh de capacidade que oferece uma autonomia de 507 km.

A dar vida ao Aviar R67 encontramos um motor elétrico duplo que debita 851 cv de potência. Isto permite ao R67 alcançar os 100 km/h em 2,2s e uma velocidade máxima de 250 km/h.

VÊ TAMBÉM: Fiat 500 Giardiniera de 1966 trocou o bicilíndrico por motor elétrico de 100 cv

Não deixa de ser curioso que a Aviar tenha instalado um sistema de som externo que imita o som do escape do… Ford Shelby GT500. Até agora a empresa russa não divulgou os preços do R67, afirmando apenas que a produção demora cerca de seis meses e que o carro vai estar coberto por um ano de garantia.

RELACIONADO: O Ford Mustang autónomo conduz como um bêbado

Sabes responder a esta?
Quantas estrelas teve o Jeep Wrangler nos testes Euro NCAP?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Fiat Panda leva zero estrelas para casa no teste do Euro NCAP

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos