A partir de 15 750 euros

A Hyundai renovou o i20 e nós já o conduzimos

Apesar de discreta, a renovação que a Hyundai fez ao i20 trouxe-lhe melhorias a todos os níveis. E nós já testámos a versão 1.2 MPi de 84 cv.

Lançada em 2014 a segunda geração do Hyundai i20 conheceu este ano o seu primeiro facelift. Assim a proposta da Hyundai para o segmento onde concorrem modelos como o Renault Clio, o SEAT Ibiza ou o Ford Fiesta viu toda a gama ser renovada tanto em termos estéticos como tecnológicos.

Disponível em versões de cinco portas, três portas e crossover (o i20 Active) o modelo da Hyundai foi alvo de alguns melhoramentos estéticos na dianteira e, acima de tudo na traseira, onde passou a contar com um novo portão da bagageira, novos pára-choques e ainda novos faróis traseiros com assinatura LED. Na frente, destaque para a nova grelha e para o recurso aos LED para as luzes diurnas.

O primeiro i20 renovado que tivemos oportunidade de testar foi a versão Style Plus de cinco portas equipada com o motor 1.2 MPi de 84 cv e 122 Nm de binário. Se queres ficar a conhecer melhor esta versão vê aqui o vídeo do nosso ensaio.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Os motores

Para além do 1.2 MPi de 84 cv que tivemos oportunidade de testar, o i20 conta ainda com uma versão menos potente do 1.2 MPi, de apenas 75 cv e 122 Nm de binário e com o motor 1.0 T-GDi. Este está disponível na versão de 100 cv e 172 Nm ou na versão mais potente, com 120 cv e os mesmos 172 Nm de binário. De fora da gama do i20 ficaram as motorizações Diesel.

O i20 que tivemos oportunidade de testar estava equipado com uma caixa manual de cinco velocidades e revelou que o seu foco principal são os consumos. Assim, numa condução normal foi possível alcançar consumos na casa dos 5,6 l/100km.

Hyundai i20
VÊ TAMBÉM: Testámos o Hyundai Kauai Electric. Carga máxima!

Melhorias ao nível da conetividade e segurança

Nesta renovação do i20 a Hyundai aproveitou ainda para melhorar o i20 ao nível dos sistemas de conetividade e segurança. Como que a comprovar essa aposta na conetividade o i20 que testámos contava com um sistema de infotainement que recorria a um ecrã de 7″ compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

Já ao nível do equipamento de segurança o i20 passou a disponibilizar equipamentos como o Aviso de Saída Faixa de Rodagem (LDWS), Sistema de Manutenção à Faixa de Rodagem (LKA), Travagem Autónoma de Emergência (FCA) cidade e interurbano, Alerta de Fadiga do Condutor (DAW) e Sistema de Controlo Automático dos Máximos (HBA).

VÊ TAMBÉM: Hyundai Tucson atualizado e nós já o conduzimos

Preços

Os preços do renovado Hyundai i20 começam nos 15 750 euros para a versão Comfort com o motor 1.2 MPi na versão de 75 cv, sendo que a versão por nós ensaiada, a Style Plus com o motor 1.2 MPi de 84 cv, custa 19 950 euros.

Já para as versões equipadas com o 1.0 T-GDi o preço arranca nos 15 750 euros para a versão Comfort de 100 cv (no entanto até 31 de dezembro podes comprá-lo desde 13 250 euros graças a uma campanha da Hyundai). Já a versão de 120 cv do 1.0 T-GDi só está disponível no nível de equipamento Style Plus e com um preço de 19 950 euros.

Hyundai i20

Caso queiras conjugar o motor 1.0 T-GDi de 100 cv à caixa automática de sete velocidades os preços arrancam nos 17 500 euros para o i20 1.0 T-GDi DCT Comfort e nos 19 200 euros para o 1.0 T-GDi DCT Style.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Hyundai i30 N?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Já conduzi o FWD de que toda a gente fala, o novo Hyundai i30 N

Mais artigos em Testes

Os mais vistos