Salão de Paris 2018

Vision RS antecipa anti-Golf da Skoda

A Skoda deu a conhecer ao mundo no Salão de Paris o protótipo Vision RS. Debaixo da típica roupagem de carro de salão vislumbra-se o futuro concorrente da marca checa no muito concorrido segmento C.

A Skoda levou ao Salão de Paris a sua visão do futuro. O Skoda Vision RS é uma antecâmara para a forma como a marca checa conta vir a fazer frente a propostas como o Focus, o Mégane e claro, o Golf.

Por debaixo da roupagem típica de concept-car o Vision RS deixa antever as futuras linhas do sucessor indireto do Rapid e Rapid Spaceback com o qual a Skoda conta entrar “à séria” no segmento C. O protótipo da Skoda surge com 4,35 m de comprimento, 1,43 m de altura e 1,81 m de largura e com uma distância entre eixos de 2,65 m, dimensões que fazem dele mais baixo e bem mais largo que o atual Rapid Spaceback.

A dar vida ao Vision RS encontramos um sistema híbrido plug-in que alia o 1.5 l TSI de 150 cv a um motor elétrico de 102 cv. Assim, ao todo o Skoda Vision RS  conta com 245 cv que permitem ao concept checo alcançar os 100 km/h em 7,1s e recuperar de 80 km/h a 120 km/h em 8,9s.

ESPECIAL: Todas as novidades do Salão de Paris 2018
Skoda Vision RS

Vision RS é uma visão de um futuro mais desportivo e eletrificado

Para além de servir de antecâmara ao sucessor do Skoda Rapid, o concept Vision RS mostra, também, os traços gerais de uma futura versão RS do modelo com que a marca checa pretende concorrer no segmento C. Para além do aumento de dimensões face ao atual Rapid, o Vision RS oferece também mais 15 l de capacidade na bagageira, contando com 430 l de espaço.

A tecnologia apresentada no Skoda Vision RS serve ainda como montra do que provavelmente poderá vir a ser a oferta híbrida e elétrica da marca pertencente ao grupo Volkswagen. Para o Vision RS a Skoda anuncia emissões de dióxido de carbono de apenas 33 g/km e uma autonomia de até 70 km em modo totalmente elétrico.

Para permitir alcançar valores de autonomia mencionados o concept checo apresentado em Paris surge equipado com baterias de iões de lítio que podem ser carregadas em casa, durante a condução através do sistema de recuperação de energia ou em apenas 2,5 horas numa estação de carregamento.

Apesar de já se encontrar numa fase adiantada de desenvolvimento a Skoda não divulgou datas ou previsões para quando o concept poderá vir a ver a luz do dia na forma de um modelo de produção.

Skoda Vision RS

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos