Antevisão

Este é o novo Mercedes-Benz GLE. Tudo que precisas de saber

Com apresentação agendada para o Salão de Paris, o novo Mercedes-Benz GLE acaba de ser desvendado. Maior, mais tecnológico e com novos motores.

Sucessor do já desaparecido Classe M, o novo Mercedes-Benz GLE conhecerá brevemente uma nova geração. Um modelo revisto de «fio a pavio» para enfrentar uma concorrência de peso: Audi Q7, Volvo XC90, BMW X5, Range Rover e Lexus RX.

Em termos estéticos o novo GLE apresenta-se com linhas exteriores renovadas, em total concordância com a atual filosofia de design da Mercedes-Benz, designada pela marca de «Pureza Sensual».

O melhor coeficiente de aerodinâmica do segmento

Com o novo design também a aerodinâmica saiu reforçada. A Mercedes-Benz garante que o novo GLE tem a melhor aerodinâmica do segmento, apenas 0,29 Cd. Graças não só a uma série de medidas de optimização da grelha e retrovisores, mas também à introdução de inúmeros spoilers, jantes aerodinâmicas com medidas entre 18 e 22 polegadas e pneus aerodinamicamente optimizados.

RELACIONADO: Mercedes-Benz EQC. Começou hoje a ofensiva elétrica da Mercedes

Mais espaço e conforto

Já no habitáculo, haverá mais espaço e conforto, em particular, na zona dos bancos traseiros, fruto de um aumento de 8 centímetros na distância entre eixos, que veio garantir um crescimento de 6,9 cm no espaço para pernas, além de mais 3,3 cm no espaço para a cabeça. Isto, a partir de um banco traseiro com rebatimento das costas 40:20:40.

Quanto aos os bancos da frente, também há um melhor acesso e habitabilidade, graças a um pilar A agora mais na vertical, ao mesmo tempo que, na traseira, a bagageira regista um acesso melhorado (+7,2 cm), além de uma capacidade de carga de 825 litros — ou 2 055 litros, com a segunda fila de bancos rebatida.

RELACIONADO: Estás interessado no Mercedes-AMG GT 4 portas? Este é o preço para Portugal

MBUX melhorado

Falando da tecnologia, destaque para a disponibilização do novo sistema de informação e entretenimento “Mercedes-Benz User eXperience”, ou MBUX, embora melhorado face ao do Classe A, com dois ecrãs de grandes dimensões (31,2 cm) colocados lado-a-lado, de série, e o opcional MBUX Interior Assist — basicamente, um sistema de reconhecimento de gestos, a que se somam cerca de 40 novas funções.

Novidade é também a mais recente geração do sistema de Head-Up Display, com uma resolução de 720 x 240 pixels e distância alargada de projeção.

E-Active Body Control para maior eficácia

No capítulo da condução, a evolução tecnológica passa pela introdução da nova suspensão hidropneumática ativa E-Active Body Control, que regula a suspensão em cada roda de forma independente, e que, no novo Mercedes-Benz GLE, surge interligada com o sistema elétrico de 48 V, pela primeira vez, em combinação com a igualmente recém-desenvolvida suspensão pneumática.

Este novo sistema de suspensões pneumáticas conseguem contrariar não só o adornamento da carroçaria, mas também a oscilação vertical e o afundamento.

RELACIONADO: Mercedes-Maybach Classe S já consegue “falar” contigo… através das luzes

Destaque ainda para o Active Tailback Assist, sistema de assistência à condução que permite reconhecer outros veículos mais cedo, apoiar o condutor em trânsito congestionado até 60 km/h e, inclusivamente, ajudar a abrir uma faixa de emergência para a passagem dos serviços de emergência; função desligar do Active Brake Assist; e a disponibilização do sistema de tração integral totalmente variável 4MATIC nos novos motores de seis cilindros em linha e oito cilindros, assim como nos híbridos plug-in.

Arranque apenas a gasolina

O lançamento do novo Mercedes-Benz GLE acontecerá com uma única motorização,GLE 450 4MATIC, cuja base é um novo motor a gasolina de seis cilindros em linha, a debitar 367 cv e 500 Nm. Mas que, por contar com o apoio de um sistema elétrico de 48V (tecnologia EQ Boost), consegue beneficiar de mais 22 Cv e 220 Nm, durante curtos períodos de tempo.

Mais para a frente, chegarão outras motorizações, não só Diesel, mas também uma solução híbrida plug-in.

Chega apenas em 2019

Fabricado em Tuscaloosa, no estado norte-americano do Alabama, o novo Mercedes-Benz GLE tem apresentação oficial ao publico agendada para o próximo Salão Automóvel de Paris, entre 4 e 14 de outubro de 2018, seguindo-se a comercialização, cujo arranque só acontecerá no princípio de 2019 — primeiro, nos mercados da Europa e EUA, e, já na primavera, na China.

Sabes responder a esta?
Qual é o coeficiente de aerodinâmica do futuro BMW Série 3?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Imagens. Vem aí o novo BMW Série 3 e já anda em testes

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos