Pebble Beach

O Ferrari 488 Pista Spider é um sonho a céu aberto com 720 cv

Depois do impacto causado pelo coupé, a marca italiana foi a Pebble Beach mostrar o Ferrari 488 Pista Spider. A versão a «céu aberto» do conhecido superdesportivo de Maranello.

Descrito como o descapotável mais potente já construído pela marca de Maranello, o Ferrari 488 Pista Spider recorre ao mesmo V8 3.9 litros do Coupé e anuncia uma potência de 720 cv. Valor que faz deste, o oito cilindros em V mais potente alguma vez instalado num Ferrari.

Contando com o apoio de dois turbocompressores, o V8 garante ao 488 Pista Spider uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em 2,8 segundos, com a velocidade máxima anunciada a surgir aos 340 km/h.

Equipado com um tejadilho retrátil, a variante descapotável do 488 Pista acrescenta aos 1280 kg do coupé, mais 91 kg, elevando o peso total, sem fluídos, para os 1371 kg. Apenas um quilo a mais do que o 488 GTB.

RELACIONADO: Oficial. Conhece todos os números do Ferrari 488 Pista

Jantes em liga leve ou fibra de carbono? O cliente escolhe.

Desvendado no Concurso de Elegância de Pebble Beach, o mais recente descapotável com o emblema do Cavallino no capot, apresenta como principais novidades, além de umas listas longitudinais de cor azul, a mesma tonalidade nalguns pormenores como as entradas de ar laterais, além de umas novas jantes de 20 polegadas.

Os clientes podem optar por instalar jantes em fibra de carbono, que garantem uma redução de 20% no peso, face às soluções em liga de aço forjado, que são propostas de série com o carro.

Azul como o sonho

Já no interior, além da mesma cor azul nos revestimentos em pele, a consola do painel de instrumentos é agora em fibra de carbono, em substituição do alumínio.

Entre o equipamento, destaque para a presença do Launch Control, assim como do sistema dinâmico de tração e da sexta evolução do Side-Slip Angle Control.

Período de encomendas já decorre

Quanto ao facto da Ferrari ter optado por apresentar o 488 Pista Spider, primeiro, nos EUA, os responsáveis da marca de Maranello explicam que teve apenas a ver com os Estados Unidos serem, desde 1950, o mercado que mais compra “descapotáveis de alta performance”. Suplantando, inclusivamente, a Europa e a Ásia.

Finalmente e embora o preço deste novo descapotável ainda não seja conhecido — os rumores dizem que poderá ultrapassar os 300 mil euros —, a Ferrari já abriu o período de encomendas.

RELACIONADO: Ferrari 488 Pista. Da pista para o Salão de Genebra

Sabes responder a esta?
Em que ano houve a separação entre as divisões automóvel e de aviões na Rolls-Royce
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Rolls-Royce cria micro robôs para fazer a verificação interna dos motores

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos