Chega no início de 2019

Mercedes-Benz Classe A Limousine. Não, não é o novo CLA

Já anunciado como o modelo de produção mais aerodinâmico da atualidade, o Mercedes-Benz Classe A Limousine acaba de desvendar mais algumas novidades.

Prevista em Portugal para o início de 2019, a nova adição à família Classe A, com carroçaria de três volumes e quatro portas, o Mercedes-Benz Classe A Limousine partilha com a carroçaria de dois volumes e cinco portas a distância entre eixos, largura e altura, com a diferença a estar no comprimento, 130 mm mais comprido, atingindo os 4549 mm.

De resto e a par do melhor coeficiente de aerodinâmica entre os atuais modelos de produção — apenas 0,22 Cx —, graças também a uma área frontal de 2.19 m2, o novo Classe A Limousine promete ainda uma habitabilidade no topo do segmento. Nomeadamente, ao nível do espaço para a cabeça, com 944 mm, e a que acrescenta, nos bancos de trás, 861 mm para as pernas e 1372 mm ao nível dos ombros.

Bagageira com 420 l e acesso amplo

Na bagageira, o novo membro da família de compactos da Mercedes-Benz anuncia uma capacidade de 420 l, garantida através de uma abertura ampla, com 950 mm de largura e 462 mm na diagonal entre a fechadura e a base do óculo traseiro.

RELACIONADO: Não uma, mas duas versões híbridas plug-in para o Mercedes-Benz Classe A

Como equipamento de série, o sistema de informação e entretenimento MBUX (Mercedes-Benz User eXperience), com ecrã tátil e sistemas de última geração de assistência à condução, como o Assistente Ativo à Travagem e à Faixa de Rodagem. Sem esquecer a possibilidade de optar, para o interior, por uma de três soluções, ao nível do cockpitdisplay central e painel de instrumentos digital de 7” (série); display central de 10.25” (opcional) e painel de instrumentos digital de 7”; e, por fim display central e painel de instrumentos digital de 10,25” (opcionais).

Gasolina e diesel na estreia

Falando de motores, a marca alemã promete a disponibilização dos mesmos propulsores com que a versão de cinco portas acaba de ser lançada entre nós, a começar no A 200 a gasolina de 163 cv de potência, com caixa 7G-DCT de dupla embraiagem, consumos combinados de 5,4-5,2 l/100 km e emissões de CO2 de 124-119 g/km.

Como proposta Diesel, o A 180 d, turbodiesel 1,6 l de 116 cv, também com caixa 7G-DCT, e a anunciar consumos médios de 4,3-4,0 l/100 km, além de emissões de CO2 de 113-107 g/km.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Apresentação em Paris

Com produção simultânea em Aguascalientes, no México, onde entrará na linha de montagem ainda este ano, e em Rastatt, na Alemanha, embora apenas a partir do início de 2019, o novo Mercedes-Benz Classe A Limousine tem já apresentação oficial agendada para o próximo Salão Automóvel de Paris, que decorrerá entre 4 e 14 de outubro de 2018.

Recorde-se que a marca da estrela apresentou recentemente o Classe A L Limousine, versão com distância entre eixos mais longa e destinado especificamente ao mercado chinês.

Sabes responder a esta?
Quantas unidades dos McLaren F1 foram produzidas?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

McLaren mais rápido de sempre vai chamar-se Speedtail

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos