Apresentação

Não estão a ver mal. Os retrovisores do Audi e-tron estão no seu interior

Continua o desvendar progressivo do Audi e-tron. Hoje ficámos a conhecer o interior e os seus cinco ecrãs, dois dos quais a servirem como… retrovisores.

Parece ter sido há uma eternidade quando conhecemos, em 2015, o primeiro protótipo do Audi e-tron, o primeiro de uma nova geração de modelos 100% elétricos da marca alemã. A última vez que o vimos foi como um protótipo camuflado no último Salão de Genebra. Foi anunciado com uma autonomia de 500 km, mas dado que agora vivemos sob a batuta do WLTP, a Audi corrigiu recentemente esse número para uns mais realistas 400 km.

Ainda não é desta que a Audi revela, por fim, o e-tron de produção — estava previsto ser apresentado a 30 de agosto, mas após a detenção do seu CEO, a apresentação foi adiada —, mas deu a conhecer, em Copenhaga, Dinamarca, o interior do seu futuro modelo.

O e-tron assume a tipologia de um SUV de grandes dimensões — a distância entre eixos é de uns generosos 2,928 m —, permitindo acomodar, confortavelmente, cinco passageiros e suas respetivas bagagens. A vantagem da arquitetura elétrica é visível na ausência de um intrusivo túnel de transmissão, favorecendo o passageiro central traseiro. Mas o grande destaque no interior é outro…

O primeiro com retrovisores virtuais

O grande destaque passa pela inclusão dos retrovisores exteriores… no interior do habitáculo! Como? No lugar onde deveriam estar os retrovisores exteriores, estão agora duas câmaras, cuja imagem é digitalmente processada e vista em dois novos ecrãs, posicionados nas portas, imediatamente abaixo das janelas.

Não contando com o quasi-protótipo e limitado Volkswagen XL1, o Audi e-tron será o primeiro automóvel de produção a ter, como opção, retrovisores exteriores virtuais.

Ao contrário do que podemos ver nos retrovisores exteriores “normais”, estes novos retrovisores virtuais, compostos por dois ecrãs OLED de 7″, têm funcionalidades acrescidas, ao permitirem zoom e vêm com três vistas pré-programadas no sistema MMI — autoestrada, estacionamento e viragem. É o adeus definitivo aos ângulos mortos?

Ecrãs por toda a parte…

O restante interior do e-tron segue o caminho trilhado pelos últimos Audi, sobretudo os A8, A7 e A6. O aspeto sofisticado do interior é dominado por linhas horizontais e o digital domina. O Audi Virtual Cockpit é de série, e tal como noutras propostas da marca, além do ecrã central destinado ao sistema de info-entretenimento, existe um segundo ecrã, mais abaixo, que permite controlar o sistema de climatização.

Com a adição dos retrovisores virtuais, o número de ecrãs com que o condutor interage ascende a cinco. Antevisão do que será o novo normal?

RELACIONADO: A história do espelho retrovisor

A Audi também destaca o opcional Bang&Olufsen 3D Premium Sound System, composto por 16 altifalantes e até 705 w de potência — o sistema de som perfeito para acompanhar o silêncio “fantasmagórico” que a marca promete no seu novo modelo elétrico.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
Com qual destes modelos o novo Audi A1 partilha a sua plataforma?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Audi A1. Mais agressivo, mais espaçoso e com apenas cinco portas

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos