50 Anos da Toyota em Portugal

O outro lado da Toyota em Portugal que tu não conheces

A Toyota celebra 50 anos de história em Portugal. Uma história que não é feita apenas de automóveis. É sobretudo feita de pessoas. Vamos conhecer o outro lado da Toyota em Portugal.

Desde que Salvador Fernandes Caetano introduziu a Toyota em Portugal há 50 anos — conhece os detalhes desse momento aqui — que a Toyota tem alicerçado a sua reputação no nosso país, não só como marca de automóveis, mas como marca ligada à filantropia e à responsabilidade social.

Uma ligação que está inscrita de forma profunda e indeletável no ADN da Toyota

Hoje, a filantropia e a responsabilidade social são jargões comuns no léxico das empresas, mas na década de 60 não era assim. Salvador Fernandes Caetano sempre foi um homem de visão, e a forma como via — já naquela altura — o papel das empresas na sociedade é mais um espelho dessa visão.

Toyota em Portugal
Fábrica da Toyota em Ovar

Um dos desses exemplos remonta ao final da década de 60. A Toyota em Portugal foi das primeiras empresas a implementar uma política de distribuição dos lucros pelos seus Colaboradores.

Uma decisão que só poderá surpreender quem não conhece a história da marca em Portugal. Um dos motivos pelos quais a Toyota veio para Portugal, prende-se exatamente com essa preocupação com as pessoas. O número de pessoas e famílias que a marca empregava e a responsabilidade que daí advinha, ocupavam a mente do seu Fundador “dia e noite”.

Salvador Fernandes Caetano não queria que a sazonalidade e o ambiente altamente concorrencial da indústria das carroçarias — a primeira atividade do Grupo Salvador Caetano — colocasse em causa o crescimento da empresa e o futuro das famílias que dela dependiam.

Foi então que a entrada no setor automóvel, através da Toyota, surgiu como uma das possibilidades de diversificação da atividade da empresa.

Foi este forte e sincero compromisso com a comunidade que valeu à Toyota em Portugal, o apoio necessário para ultrapassar com sucesso alguns dos períodos mais conturbados da história, quer durante o Estado Novo, quer no pós-25 de Abril.

Unidade, confiança e compromisso. Foram nestes princípios que desde início se fundou a relação da Toyota em Portugal com a sociedade.

Mas a ligação da Toyota à sociedade nunca se resumiu apenas à sua atividade empresarial. De campanhas de sensibilização a angariações de fundos, passando pela criação de um centro de formação profissional, a Toyota sempre teve um papel ativo na sociedade muito para além dos automóveis.É essa Toyota em Portugal que vamos descobrir nas próximas linhas.

Vocação no futuro

Salvador Fernandes Caetano disse um dia: “hoje como ontem, a nossa vocação continua a ser o Futuro”. É com este espírito que a marca enfrenta há 50 anos a sua presença em Portugal.

Não se trata apenas da venda de automóveis. A produção e a formação são pilares da Toyota em Portugal.

Um dos motivos de orgulho da Toyota em Portugal é o Centro de Formação Profissional Salvador Caetano. Com seis polos por todo o país e oferecendo cursos ligados ao sector automóvel, como mecatrónica ou pintura, o centro já qualificou mais de 3 500 jovens, desde 1983.

Ainda hoje a fábrica da Toyota em Ovar é um dos maiores polos de empregabilidade do setor automóvel no país.

Números expressivos, que acima de tudo representam um contributo para a formação e para o futuro do país e ultrapassa os interesses da empresa.

Se não há trabalhadores, façam-nos.

Salvador Fernandes Caetano

Foi assim que Salvador Fernandes Caetano, com a frontalidade que sempre lhe foi reconhecida, respondeu ao Diretor de Recursos Humanos da empresa perante a carência de profissionais qualificados nas diversas áreas de atividade.

Toyota Solidária

Desde que se instalou a Fábrica da Toyota em Ovar em 1971 — a primeira fábrica da marca nipónica na Europa — muitas foram as iniciativas da Toyota que visaram apoiar entidades de cariz social, através da oferta de viaturas.

Momentos importantes para a marca que se têm repetido ao longo dos anos desde a década de 70. Em 2007 surge a iniciativa “Toyota Solidária” que angariou fundos, através da comercialização de produtos após-venda, para aquisição e oferta de viaturas a entidades como a Liga Portuguesa Contra o Cancro e a ACREDITAR, uma fundação que apoia crianças com cancro e as suas famílias.

JUNTO À COMUNIDADE
Um dos mais relevantes apoios prestados pela Toyota à comunidade acontece na aquisição de veículos para transporte de utentes para Instituições Particulares de Solidariedade Social – IPSS’s. Desde 2006, somam-se mais de uma centena de carrinhas Hiace e Proace entregues a centenas de instituições locais.

Sustentabilidade sempre

Uma das Iniciativas mais populares da Toyota é “Um Toyota, uma árvore”. Por cada novo Toyota vendido em Portugal, a marca assume o compromisso de plantar uma árvore que será usada na reflorestação de zonas afetadas pelos incêndios.

Desde 2005, esta iniciativa já plantou mais de 130 mil árvores em Portugal continental e Madeira.

E como a sustentabilidade é um pilar fundamental da Toyota, a marca aliou-se à QUERCUS em 2006 no projeto “Novas Energias em Movimento”.

Uma inovadora campanha de sensibilização ambiental que percorreu as escolas de 3º ciclo e do ensino secundário do país. A bordo de um Toyota Prius, foram organizadas diversas sessões de esclarecimento sobre os temas de poupança de energia, energias renováveis e mobilidade sustentável.

A história continua…

Muito recentemente, a Toyota Caetano Portugal estabeleceu uma parceria com o Comité Olímpico Português, apoiando assim atletas Olímpicos e Paralímpicos, até aos Jogos Olímpicos de 2020.

Ao abrigo desta parceria, a Toyota além de ser a viatura oficial do Comité, assumiu o compromisso de desenvolver produtos de mobilidade sustentável com soluções específicas para a prática das diferentes modalidades, assim como várias iniciativas de responsabilidade social na área do desporto.

O primeiro slogan da marca foi “A Toyota veio para ficar”, mas a marca tem feito mais que isso.

toyota em portugal
Novo slogan da Toyota em Portugal 50 anos depois

Rumo às zero emissões

Algumas das atividades de responsabilidade social descritas inserem-se na política mundial da Toyota Emissões: Zero. Uma política que tem como objetivo a proteção da Natureza e do ambiente, por meio de redução de desperdício e redução de emissões de gases de efeito estufa.

Um esforço que se traduziu na comercialização do primeiro automóvel híbrido de produção em massa, o Toyota Prius (em 1997) e que culmina no Toyota Mirai, um modelo movido a hidrogénio, que emite apenas vapor de água. Tal como o Prius, também o Mirai é um pioneiro, sendo o primeiro automóvel movido a hidrogénio de produção em série.

Este conteúdo é patrocinado porToyota

Mais artigos em Branded Content

Os mais vistos