50 Anos da Toyota em Portugal

Conhece os modelos que marcaram os 50 anos da Toyota em Portugal

A Toyota está a celebrar 50 anos de presença em Portugal e nos próximos meses, o RA Studio — divisão de Branded Content da Razão Automóvel — vai fazer uma viagem por estas cinco décadas de história.

Sabias que Portugal foi um dos mercados mais importantes para a expansão da Toyota no continente europeu? E sabias que a primeira fábrica da marca na Europa é portuguesa? Isso e muito neste artigo.

Vamos ouvir o testemunho de clientes, conduzir carros de competição, os clássicos e os modelos mais recentes da marca, numa epopeia de milhares de quilómetros pelo país.

Uma história que começou em 1968, com a assinatura do contrato de importação da Toyota para Portugal pela Salvador Caetano. Uma marca (Toyota) e uma empresa (Salvador Caetano) cujos nomes no nosso país são indissociáveis.

50 anos Toyota Portugal
Momento da assinatura do contrato.

Os modelos mais marcantes

Ao longo destes 50 anos, foram vários os modelos que marcaram a história da Toyota em Portugal. Alguns deles, inclusivamente, foram produzidos no nosso país.

Adivinhem por qual é que vamos começar…

Toyota Corolla
Toyota Portugal
O Toyota Corolla (KE10) foi o primeiro modelo importado para Portugal.

Nem podíamos começar este lista por outro modelo. O Toyota Corolla é um dos modelos mais importantes da indústria automóvel e também um dos familiares mais vendidos da história.

Começou a ser produzido em Portugal em 1971 e desde então tem sido uma presença assídua nas nossas estradas. Fiabilidade, conforto e segurança são três adjetivos que facilmente associamos a um dos mais importantes modelos da história da Toyota.

Toyota Hilux
Toyota Hilux (geração LN40).

Nem só de modelos de passageiros se fez os 50 anos de história da Toyota em Portugal. A divisão de veículos comerciais ligeiros sempre teve uma enorme relevância para a Toyota.

A Toyota Hilux é um bom exemplo. Uma pick-up de segmento médio que tem sido sinónimo de robustez, capacidade de carga e fiabilidade em todos os mercados. Um modelo que inclusivamente chegou a ser produzido em Portugal.

Toyota Hiace

Antes do surgimento dos monovolumes, a Toyota Hiace foi um dos modelos escolhidos pelas famílias e empresas portuguesas para o transporte de pessoas e bens.

No nosso país, a produção da Toyota Hiace iniciou-se em 1978. Foi um dos modelos que ajudou a Toyota a deter uma quota de 22% do mercado nacional de veículos comerciais em 1981.

Toyota Dyna
Toyota Dyna BU15
Toyota Dyna (geração BU15) produzida em Ovar.

A par do Corolla e do Corona, a Toyota Dyna foi um dos três modelos a inaugurar a linha de produção da fábrica da Toyota, em Ovar, em 1971.

Sabias que em 1971, a fábrica de Ovar era a fábrica mais moderna e mais avançada do país? Um feito ainda mais relevante se tivermos em consideração que Salvador Fernandes Caetano, responsável pela vinda da Toyota para Portugal, projetou, construiu e colocou a fábrica em funcionamento em apenas 9 meses.

Toyota Starlet
Toyota Starlet
O jovial Toyota Starlet (geração P6).

A chegada do Toyota Starlet à Europa em 1978 é um caso paradigmático de “chegar, ver e vencer”. Até 1998, altura em que foi substituído pelo Yaris, o pequeno Starlet foi presença assídua nos rankings de fiabilidade e preferência dos europeus.

Apesar das suas dimensões exteriores, o Starlet oferecia um bom espaço interior e o habitual rigor de construção a que a Toyota sempre habituou os seus clientes.

Toyota Carina E
Toyota Carina E (T190)
Toyota Carina E (T190).

Lançado em 1970 o Toyota Carina conheceu a sua derradeira expressão na 7ª geração, lançada em 1992.

Além do design e espaço interior, o Carina E destacava-se pela lista de equipamento que oferecia. No nosso país, houve inclusivamente um troféu de velocidade monomarca, com o apoio da Toyota, que tinha o Toyota Carina E como principal protagonista.

Toyota Celica
Toyota Celica (5ª geração).

Nestes 50 anos de Toyota em Portugal, o Toyota Celica foi sem dúvida o desportivo da marca nipónica alvo de maior devoção, vencendo não só nas estradas mas também nas etapas de ralis.

Pilotos como Juha Kankkunen, Carlos Sainz, e em Portugal,  Rui Madeira, que em 1996 ganhou o Rali de Portugal, ao volante de um Celica da equipa italiana Grifone, marcaram a história deste modelo.

Toyota Celica 1
A versão Celica GT-Four conseguia transportar para a garagem dos seus proprietários, os segredos de um carro que nasceu para vencer.
Toyota Rav4
Toyota RAV4
Toyota RAV4 (1ª geração).

Ao longo da sua história, a Toyota antecipou por diversas vezes as tendências do mercado automóvel.

Em 1994 chegava ao mercado o Toyota RAV4, para muitos o percursos do segmento dos SUV — que hoje, volvidos 24 anos, é dos segmentos que mais cresce em todo o mundo.

Antes do surgimento do Toyota RAV4, quem queria um veículo com aptidões todo o terreno, tinha obrigatoriamente de optar por um jipe «puro e duro», com todas as limitações que daí advinham (conforto, consumos elevados, etc).

O Toyota RAV4 foi o primeiro modelo a reunir num só modelo, a capacidade de progressão dos jipes, a versatilidade das carrinhas e o conforto das berlinas. Uma fórmula de sucesso que continua a dar os seus frutos.

Toyota Land Cruiser
Toyota Land Cruiser
Toyota Land Cruiser (geração HJ60).

A par do Toyota Corolla, o Land Cruiser é outro dos modelos indissociáveis da história da marca. Um verdadeiro «puro e duro» multifacetado, com versões de trabalho e de luxo, pensadas para todo o tipo de utilizações.

Atualmente, é o único modelo da Toyota com produção na fábrica da Toyota em Ovar. Todas as unidades Land Cruiser série 70 são para exportação.
Toyota Prius
Toyota Prius
Toyota Prius (1ª geração).

Em 1997, a Toyota apanhou toda a indústria de surpresa ao anunciar o lançamento do Toyota Prius: o primeiro híbrido de produção em massa da indústria automóvel.

Hoje todas as marcas apostam na eletrificação das suas gamas, mas a Toyota foi a primeira marca a caminhar nesse sentido. Na Europa, tivemos de esperar até 1999 para conhecer este modelo que aliava baixos consumos e emissões a uma agradabilidade de condução digna de nota.

Estava dado o primeiro passo rumo à Toyota que hoje conhecemos.

A Toyota em Portugal 50 anos depois

Há 50 anos, a Toyota lançava em Portugal o seu primeiro anúncio, onde se podia ler “A Toyota veio para ficar”. Salvador Fernandes Caetano estava certo. A Toyota ficou mesmo.

toyota corolla
A primeira e a mais recente geração do Toyota Corolla.

Hoje a marca japonesa oferece no mercado nacional uma gama de modelos alargada, que se inicia no versátil Aygo e termina no familiar Avensis, sem esquecer a completa gama SUV que tem no C-HR uma montra de toda tecnologia e design que a Toyota tem para oferecer, e o RAV4, um dos modelos do segmento mais vendidos em todo o mundo.

Se em 1997 a eletrificação do automóvel parecia algo distante, hoje é uma certeza. E a Toyota é das marcas que oferece uma gama de modelos eletrificados mais extensa.

O Toyota Yaris foi o primeiro modelo do seu segmento a oferecer esta tecnologia.

Conhece toda a gama Toyota em Portugal:

Mas porque a segurança, a par do meio ambiente, é outro dos valores basilares da marca, ainda em 2018, todos os modelos da Toyota vão estar equipados com os dispositivos de segurança Toyota Safety Sense.

Os números da Toyota Portugal

Em Portugal, a Toyota já vendeu mais de 618 mil automóveis e possui atualmente uma gama de 16 modelos, dos quais 8 modelos dispõem de tecnologia “Full Hybrid”.

Em 2017, a marca Toyota encerrou o ano com uma quota de mercado de 3,9% correspondente a 10.397 unidades registando um aumento de 5,4% em relação ao ano anterior. Consolidando a sua posição de liderança na eletrificação automóvel, a marca alcançou em Portugal um aumento expressivo na venda de viaturas híbridas (3 797 unidades), com um crescimento de 74,5%, face ao ano 2016 (2 176 unidades).

Este conteúdo é patrocinado porToyota

Mais artigos em Branded Content