Apresentação

Oficial. O CUPRA Ateca é o primeiro modelo da nova marca espanhola

A CUPRA ganha estatuto de marca, ganhando independência da SEAT e revela os seus planos, como o seu primeiro modelo: dêem as boas vindas ao novo CUPRA Ateca.

Como já anunciámos anteriormente, a CUPRA deixa de ser a denominação desportiva de modelos da SEAT e passa a ser uma marca independente. E hoje, oficialmente, podemos anunciar os primeiros passos desta nova marca com claro foco na performance.

A CUPRA anunciou o seu primeiro modelo de estrada, o CUPRA Ateca, o primeiro modelo de competição CUPRA TCR — até agora conhecido como SEAT Leon TCR; e anunciou a apresentação de dois exercícios de design com base no Ibiza e no Arona — que apesar de existirem, ainda não foram confirmados como futuros modelos de produção.

Os planos são ambiciosos para que a CUPRA se torne uma entidade por si só — a nova marca terá espaços próprios em cerca de 260 concessionários SEAT em toda a Europa —, e assumirá a liderança da divisão de competição da SEAT.

CUPRA Ateca

CUPRA é uma enorme oportunidade para a SEAT, para os nossos clientes e para o nosso negócio. Todo o projeto nasce do sonho de um conjunto de pessoas determinadas a conquistar um novo grupo de apaixonados pelo automóvel.

Luca de Meo, Presidente da SEAT

CUPRA Ateca, o primeiro modelo da marca

O popular Ateca vê-se aqui com ambições bem mais dinâmicas e desportivas — a começar pela aparência. Destaca-se pelo novo logotipo, de tendências tribais, da marca CUPRA no lugar do “S” da SEAT, com a identificação textual da marca a surgir em alumínio baço, em baixo, no para-choques, também ele distinto dos restantes Ateca.

É também visível aplicações em preto brilhante — barras do tejadilho, capas dos espelhos, molduras das janelas, frisos laterais, jantes, grelha dianteira, difusores dianteiro e traseiro, e, por fim, no spoiler traseiro. Na traseira podemos ver quatro ponteiras de escape, as jantes de desenho exclusivo são de 19″ e há seis cores à escolha.

Mas para lá da aparência mais desportiva, interessa é saber o que esconde por baixo do capot. E os números prometem: o conhecido bloco 2.0 TSI debita aqui 300 cv, ao qual foi adicionado, como temos visto em tantos outros motores a gasolina, um filtro de partículas. A transmissão está a cargo de uma caixa DSG (dupla embraiagem) de sete velocidades, e a tração é às quatro rodas, denominada pela marca de 4Drive.

No capítulo das prestações, os 100 km/h são alcançados em apenas 5,4 segundos e a velocidade máxima é de 245 km/h. 

CUPRA Ateca — interior
Alcantara é usado para revestir os painéis das portas e os bancos — de cor preta com costuras a cinzento —, a soleira da porta, em alumínio, integra o logotipo CUPRA iluminado e os pedais são em alumínio.

Esperem enorme oferta de equipamento tecnológico, mas considerando o foco da CUPRA na performance, destaca-se o opcional Performance Pack. Além da adição de vários componentes em fibra de carbono tanto por dentro com por fora, este pack inclui um sistema de travagem Brembo com discos de 18″(!) e pinças em preto.

Sabes responder a esta?
Qual destes automóveis não é finalista do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2018?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Conhece os 7 finalistas do Carro do Ano 2018/Troféu Volante de Cristal

Mais artigos em Notícias