Apresentação

Opel Insignia Sports Tourer: conhece todos os argumentos da nova carrinha alemã

A nova Opel Insignia Sports Tourer chega a Portugal na próxima primavera, mas antes vai marcar presença no Salão de Genebra, em março.

A Opel acaba de apresentar a sua mais recente carrinha de segmento D, a nova Insignia Sports Tourer. Tendo em conta a importância das carrinhas na história da marca alemã, é seguro dizer que este é um dos modelos mais importantes da Opel para 2017  — e não, não nos estamos a esquecer dos novos SUV’s da Opel.

Como tal, foi com elevadas expectativas que o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann, apresentou o modelo destacando a componente tecnológica:

“O nosso novo topo de gama disponibiliza alta tecnologia para todos, com sistemas acessíveis que tornam a condução mais segura e mais confortável. Depois, há o espaço interior, que vai ao encontro de praticamente todas as necessidades de transporte, em trabalho ou em lazer. E é impossível ignorar a experiência de condução – realmente dinâmica. O Insignia está muito mais eficiente do que antes e oferece a geração mais recente do nosso chassis adaptativo FlexRide”.

Por fora, uma carrinha com “pele” de Monza Concept

Em termos estéticos, tal como a berlina, a nova Insignia Sports Tourer vai buscar variados detalhes ao arrojado protótipo Monza Concept que a Opel apresentou no Salão de Frankfurt de 2013. O objetivo foi manter a aparência atlética e dinâmica, tendo em conta o aumento das dimensões gerais do carro face à anterior carrinha – quase 5 metros de comprimento, 1.5 metros de altura e uma distância entre eixos de 2,829 metros.

De perfil, a característica mais dominante é a linha cromada que percorre o tejadilho e desce para se integrar nos grupos óticos traseiros, ligeiramente mais protuberantes na sua forma de “dupla asa” – a assinatura tradicional da Opel.

Por dentro, mais espaço para os passageiros (e não só)

Naturalmente, o ligeiro aumento das dimensões faz-se sentir no espaço interior: mais 31 mm de altura, 25 mm em largura ao nível dos ombros e outros 27 mm ao nível dos assentos. Disponível como opção, o tejadilho panorâmico em vidro acrescenta um ambiente mais luxuoso e «open-space».

APRESENTAÇÃO: Este é o novo Opel Crossland X

A julgar pela volumetria da bagageira, o esforço para tornar a nova geração da Insignia Sports Tourer mais elegante e até desportiva não comprometeu o lado mais prático desta carrinha. Em comparação com o modelo anterior, a bagageira tem mais 100 litros de capacidade máxima, crescendo até aos 1640 litros com os bancos traseiros rebatidos. Além disso, o sistema FlexOrganizer, composto por calhas e divisórias reguláveis, permite acondicionar diferentes formatos de bagagens.

Para facilitar as operações de carga e descarga, a tampa da bagageira pode ser aberta e fechada com um simples movimento de pé sob o para-choques traseiro (à semelhança do que já acontece com o novo Astra Sports Tourer), sem que seja necessário recorrer ao comando à distância ou à própria tecla na tampa da mala.

Mais tecnologia e uma gama alargada de motores

Ao leque de tecnologias já anunciadas para o Insignia Grand Sport, o Insignia Sports Tourer estreia a segunda geração dos faróis adaptativos IntelliLux, composto por matrizes de LED que reagem com ainda maior rapidez que a geração anterior. O Insignia Sports Tourer é também o primeiro modelo da marca com capot do motor ativo, isto é, o capot eleva-se em milésimos de segundo para aumentar a distância para o motor, de forma a garantir maior proteção para os pedestres em caso de acidente.

De resto, vamos poder contar com as versões mais recentes do Apple CarPlay e do Android, o sistema de assistência em viagem e emergência Opel OnStar e os habituais sistemas de assistência à condução como a Câmara 360º ou o Alerta de Tráfego Lateral.

A nível dinâmico, o Insignia Sports Tourer faz regressar o sistema de tração integral com vetorização de binário, substituindo o tradicional diferencial traseiro por duas embraiagens multidiscos controladas eletricamente. Desta forma, a entrega de binário a cada roda é controlada de forma precisa, apurando o comportamento em estrada em todas as condições, seja piso mais ou menos escorregadio. A configuração do novo chassis FlexRide pode também ser ajustada pelo condutor através dos modos de condução Standard, Sport ou Tour.

O novo Insignia Sports Tourer vai estar disponível com uma gama de motores sobrealimentados a gasolina e a gasóleo, muito semelhante ao que poderemos encontrar no Opel Insignia Grand Sport. Neste particular, é de sublinhar a estreia de uma nova caixa automática de oito velocidades, disponível exclusivamente nas versões com sistema de tração integral.

O novo Opel Insignia Sports Tourer deverá chegar ao mercado nacional na primavera, mas antes vai marcar presença no próximo Salão de Genebra, em março.

Mais artigos em Notícias