Sébastien Loeb chegou, viu e venceu

O piloto francês venceu a primeira etapa “à seria” do Dakar, depois da anulação do dia de ontem.

Foi chegar, ver e vencer, literalmente. Sébastien Loeb (Peugeot) entrou com o pé direito naquela que é a sua estreia no Dakar, batendo com as mesmas armas – leia-se veículo – pesos pesados como Stéphane Peterhansel (2m23s) e Cyril Despres (4m00s), nos 386 kms da etapa que ligou Villa Carlos Paz a Termas de Rio Hondo.

A seguir aos dois Peugeot de Loeb e Peterhansel, chegou a «armada» da Toyota com Vladimir Vasilyev e Giniel de Villiers, respetivamente a 2m38 e 3m01s de Loeb. Seguiu-se o também estreante Mikko Hirvonen (a 3m05s), o Peugeot de Cyril Despres (4m00s) e o MINI de Nasser Al-Attiyah (4m18s), vencedor do Dakar 2015.

Depois do WRC, FIA GT, Pikes Peak, 24 Horas de Le Mans, Ralicross e WTCC, Sébastien Loeb junta mais uma prova ao seu longo reportório de sucessos desportivos. Estatuto de lenda? Check!

RELACIONADO: Sébastien Loeb é oficialmente o «rei dos bazófias»

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter