WRC 2017: Mais potentes, leves e rápidos

A FIA decidiu alterar os regulamentos do Mundial de Ralis para 2017. Fica a promessa de mais espetáculo.

Este mês a FIA anunciou mudanças no Mundial de Ralis (WRC) que há muito eram esperadas por todos os aficionados da lama, neve e asfalto. Os regulamentos do WRC vão mudar em 2017, e prometem trazer consigo novidades que vão mudar a face da disciplina: mais potência, mais leveza, mais apoio aerodinâmico. Enfim, mais velocidade e mais espetáculo.

RELACIONADO: Em 2017 a Toyota regressa ao ralis… aposta em grande!

Os carros de WRC vão ficar mais largos (60mm à frente e 30mm atrás) e vão ser permitidos apêndices aerodinâmicos maiores, tudo fatores que vão contribuir para um visual mais agressivo e maior estabilidade. Por seu turno, os diferenciais centrais autoblocantes também vão poder passar a recorrer a controlo electrónico e o peso mínimo dos carros desceu 25kg.

Com a estabilidade melhorada em todos os sentidos, falta apenas uma coisa: mais potência. Os blocos 1.6 Turbo de 300cv vão continuar, mas com restritores do turbo mais permissivos: 36mm em vez de 33 mm ao mesmo tempo que a pressão máxima autorizada passa para 2.5 bar.

Resultado? A potência máxima sobe dos atuais 300cv para um valor em torno dos 380cv de potência. Boas notícias para todos os amantes da modalidade, que podem agora assistir a provas com carros mais espetaculares e viris – um pouco à imagem e semelhança dos saudosos Grupo B.

Fonte: FIA

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos