Ainda com caixa manual e seis cilindros. O que muda no renovado BMW Z4?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Ainda com caixa manual e seis cilindros. O que muda no renovado BMW Z4?

A BMW acaba de atualizar a atual geração do Z4, que recebeu mais equipamento e uns ligeiros retoques ao nível da imagem.

Três anos depois de ter sido lançada, a geração atual do BMW Z4 acaba de receber a habitual atualização de meio ciclo de vida, que lhe deu alguns retoques visuais e mais equipamento.

Entre as novidades estéticas aquilo que mais se destaca são as jantes com 18” e 19” e a grelha dianteira, cujo padrão foi redesenhado para realçar ainda mais a largura e a presença deste roadster.

Destaque também para o facto de o Z4 agora contar sempre de série com o pack desportivo M Sport, algo que até aqui só acontecia nas versões com motor de seis cilindros do modelo.

A NÃO PERDER: BMW XM. Tudo sobre o BMW M mais potente (e pesado) de sempre
BMW Z4 2023 traseira

As entradas de ar laterais também foram redesenhadas, assumindo agora uma forma mais agressiva, e o tom de roxo “Thundernight” que vimos no novo Série 2 Coupé também passa a estar disponível neste Z4, bem como o azul “Portimao Blue” e o cinza “Skyscraper Grey“.

De série o Z4 vai apresentar-se com alguns acabamentos em preto cromado, mas para os clientes que queiram ir ainda mais além existe um pack opcional “extended Shadowline“, que acrescenta mais apontamentos escurecidos.

No interior as novidades também estão longe de ser radicais e resumem-se ao facto do pack M Sport ser agora de oferecido de série: temos um volante M em pele, bancos M Sports e um tabliê com acabamento em SensaTec.

E os motores?

A gama de motores do Z4 continua a ser composta por duas propostas com motor de 2.0 litros e quatro cilindros em linha com 197 cv (sDrive20i) e 258 cv (sDrive30i) e com uma variante mais potente, com bloco de seis cilindros em linha e 3.0 litros, que entrega 340 cv (M40i) de potência.

Todas estas versões surgem associadas a uma direção desportiva variável, mas apenas as duas mais potentes contam de série com a caixa Steptronic Sport de oito velocidades com patilhas no volante e função Launch Control.

LEIAM TAMBÉM: Fuga de imagens revela BMW M2 (G87). Tudo o que já sabemos

A variante menos potente, a sDrive20i, é oferecida de série com uma transmissão manual de seis relações ainda que opcionalmente também possa contar com a caixa Steptronic mencionada acima.

BMW Z4 2023 capota de lona
A capota em lona continua a poder ser aberta ou fechada em apenas 10s e a velocidades de até 50 km/h.

Outra das novidades passa pelo facto de a versão intermédia, a sDrive30i, agora dispor de suspensão desportiva de série, sendo que a M40i equipa uma suspensão com amortecedores de dureza variável controlados eletronicamente.

A NÃO PERDER: Boldmen CR4, a versão mais ousada do BMW Z4

A versão mais potente da gama destaca-se também por equipar um diferencial traseiro controlado eletronicamente e por contar com travões M Sport mais potentes.

E o preço?

O renovado BMW Z4 já surge no configurador da marca bávara no nosso país e está disponível com preços que começam nos 57 000 euros para o Z4 sDrive20, nos 64 000 euros para o Z4 sDrive30i e nos 86 600 euros para o Z4 M40i.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do BMW M5 CS?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW M5 CS (635 cv). O mais potente de sempre e o último puramente a combustão

Mais artigos em Notícias