Híbrido plug-in e sem V8. Mercedes-AMG C 63 E Performance está quase a chegar

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Híbrido plug-in e sem V8. Mercedes-AMG C 63 E Performance está quase a chegar

A Mercedes-AMG acaba de anunciar a data de apresentação do novo C 63 E Performance: 21 de setembro. O que esperar?

Depois de ter sido apanhado em várias sessões de testes, sempre camuflado, o Mercedes-AMG C 63 E Performance acaba de ganhar, finalmente, uma data de lançamento: 21 de setembro.

A confirmação foi feita pela própria marca de Affalterbach, através das redes sociais, onde também divulgou um teaser deste modelo, que tal como já adiantámos, vai trocar o motor V8 por uma motorização híbrida plug-in que junta um quatro cilindros em linha a um motor elétrico.

Neste teaser a Mercedes-AMG mostra um C 63 E Performance “ao descoberto” e até já revela alguns pormenores desta “super berlina” alemã, tais como a assinatura luminosa, as pequenas grelhas laterais ou até o spoiler traseiro em fibra de carbono.

A NÃO PERDER: Mercedes-AMG CLS 53 4MATIC+ Coupé. Lobo em pele de cordeiro?
Mercedes-AMG C 63 fotos-espia
O Mercedes-AMG C 63 E Performance já foi apanhado por diversas ocasiões nos habituais testes de desenvolvimento. © Razão Automóvel

Por comparação com o C 43, que nós até já tivemos oportunidade de conduzir, o C 63 vai destacar-se por apresentar uma imagem ainda mais agressiva e musculada, muito por “culpa” dos para-choques com entradas de ar maiores, do spoiler traseiro mais proeminente e das saídas de escape mais generosas.

Disponível na variante berlina e carrinha (Station), o novo Mercedes-AMG C 63 vai apresentar-se com um sistema híbrido plug-in capaz de entregar 670 cv de potência máxima combinada e 750 Nm de binário máximo, o que representa um aumento muito significativo face à antiga geração do C 63, cujo bloco V8 produzia 510 cv.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Mercedes-AMG (@mercedesamg)

Para atingir estes números o Mercedes-AMG C 63 E Performance deve recorrer a um motor de quatro cilindros em linha com 2.0 litros, a um turbo elétrico e a um sistema mild-hybrid de 48V, isto sem falar do propulsor elétrico, que deverá surgir montado no eixo traseiro.

LEIAM TAMBÉM: Mercedes-AMG C 43 diz adeus ao V6 e ganha um 4 cilindros. Ficou melhor?

Mas só na próxima quarta-feira, dia 21 de setembro, ficaremos a conhecer todas as especificações e todos os “segredos” do C 63, que será o segundo modelo da Mercedes-AMG a adotar a denominação E Performance, depois do AMG GT 63 S E Performance.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Mercedes-Benz 190 (W201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias