Futuro elétrico da BMW M? Revelado protótipo com quatro motores elétricos

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Futuro elétrico da BMW M? Revelado protótipo com quatro motores elétricos

A BMW M confirmou que está a trabalhar num protótipo 100% elétrico com quatro motores e um sistema de tração inovador.

É oficial, a BMW M está a testar um protótipo 100% elétrico com quatro motores que estará na base da próxima geração de desportivos elétricos assinados pela M.

Este protótipo já saiu para a estrada e conta com um novo sistema de tração às quatro rodas M xDrive, com cada roda a ter o seu próprio motor elétrico e já se mostrou com uma imagem a condizer.

Isto porque na imagem divulgada pela própria BMW é possível ver que este protótipo parece ser um «musculado» BMW i4 M50 , contando com uma dianteira em tudo semelhante aos novos BMW M3 e M4 e com guarda-lamas alargados.

A NÃO PERDER: BMW i4 eDrive40 é capaz de «bater o pé» ao Tesla Model 3?
BMW está a testar protótipo elétrico com 4 motores

Dos M3 e M4 este primeiro protótipo de testes também foi buscar os suportes dianteiros, para uma maior rigidez torsional de todo o conjunto.

Um motor elétrico por roda

Como explica a própria BMW M, o “facto de cada uma das quatro rodas ser animada por um motor elétrico abre possibilidades completamente novas para uma distribuição de binário infinitamente variável, extremamente precisa e ao mesmo tempo muito rápida”.

“Em milissegundos, a potência e o binário dos motores elétricos podem ser doseados com tanta precisão que a carga transmitida pelo pedal do acelerador pode ser entregue com um nível de dinâmica inatingível com sistemas de acionamento convencionais”, pode ler-se no comunicado da divisão de alto rendimento da marca bávara.

Por outras palavras, a BMW M garante que este novo sistema de tração M xDrive com quatro motores elétricos será capaz de oferecer uma experiência de condução “com características de desempenho totalmente novas, mesmo sob condições extremamente exigentes”.

O futuro da M está garantido

Para Dirk Häcker, responsável pelo desenvolvimento na BMW M, este novo desenvolvimento permite garantir que o ADN da BMW M continue a ser respeitado num futuro elétrico: “a eletrificação abre novos níveis de liberdade para criarmos dinâmicas tipicamente M”, disse.

Já podemos ver que é possível explorar este potencial ao máximo, para que os nossos desportivos de alto rendimento continuem a oferecer a combinação incomparável de dinâmica, agilidade e precisão típica dos modelos M num futuro livre de emissões.

Dirk Häcker, responsável pelo desenvolvimento na BMW M

Este «super elétrico» vai ser produzido?

A BMW não revela a potência máxima deste conjunto nem declara qualquer intenção de vir a produzir este protótipo no futuro, mas também não refuta essa possibilidade.

LEIAM TAMBÉM: BMW M4 3.0 CSL Hommage já rola. Mais exclusivo, potente e com caixa manual

Certo, para já, é que este protótipo será usado como plataforma de testes para aquilo que poderão ser os elétricos da BMW M no futuro, que para já apenas «deitou as mãos» a dois modelos: o i4 M50 e o iX M60.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do BMW M5 CS?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW M5 CS (635 cv). O mais potente de sempre e o último puramente a combustão

Mais artigos em Notícias