BMW iX M60. 619 cv e até 566 km de autonomia para o mais potente dos iX

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

NOVIDADES 2022

BMW iX M60. 619 cv e até 566 km de autonomia para o mais potente dos iX

Depois do i4 M50, foi a vez do BMW iX receber o «tratamento M». O resultado foi o BMW iX M60, a versão mais potente do SUV alemão.

Aos poucos, a «magia» da divisão M está a chegar aos modelos elétricos da BMW e depois do i4, foi a vez do BMW iX receber uma versão mais desportiva, apropriadamente designada iX M60.

Apesar de ser a versão mais desportiva e potente, por agora, do SUV elétrico da gama iX, no que ao visual diz respeito o o iX M60 pauta-se por uma certa discrição.

Sim, temos o logótipo “M60″ na traseira, enormes jantes de 21” (em opção podem ser de 22”), pinças de travão azuis com o logótipo da divisão M e um pacote exterior opcional (o BMW Individual Titanium Bronze), mas, no geral, este BMW iX M60 não difere muito das restantes versões do SUV germânico.

A NÃO PERDER: BMW i4 M50 (544 cv). Melhor do que o Tesla Model 3?
BMW iX M60

Potência para «dar e vender»

Visualmente o iX M60 até pode não ser muito diferente dos seus «irmãos de gama», contudo, basta olhar para os dados técnicos divulgados pela BMW para perceber que este iX não é igual aos restantes.

O BMW iX M60 recorre a dois motores — um por eixo, com o da frente a debitar um máximo de 190 kW ou 258 cv e o traseiro a debitar um máximo de 360 kW ou 489 cv — que oferecem uma potência máxima combinada de 455 kW (619 cv) e 1015 Nm de binário, que sobe até aos 1100 Nm quando se ativa o Launch Control.

BMW iX M60

Contudo, esse valor de potência apenas é debitado quando se seleciona o modo de condução «Sport». Nas restantes situações a potência oferecida pelos dois motores elétricos fixa-se nuns ainda assim impressionantes 540 cv (397 kW), um valor superior aos 503 cv (370 kW) oferecidos pelo iX xDrive50.

LEIAM TAMBÉM: Dos mais desejados aos mais controversos. Os novos BMW para 2022

Tudo isto permite ao SUV da BMW cumprir os tradicionais 0 aos 100 km/h em apenas 3,8s e alcançar os 250 km/h de velocidade máxima (mais 50 km/h do que no iX xDrive50).

BMW iX M60

Já a autonomia anunciada pela marca alemã fixa-se nuns impressionantes 566 km, com os dois motores a serem alimentados por uma bateria com 105,2 kWh de capacidade útil.

Ligações ao solo melhoradas

A rigidez estrutural elevada, conseguida pelo uso diverso de soluções e materiais — space frame em alumínio e uso de uma carbon cage (gaiola de carbono) que usa polímeros reforçados com fibra de carbono (CFRP) no tejadilho e secções lateral e traseira —, dão as fundações certas para um maior apuro dinâmico.

Além da tração integral, o BMW iX M60 conta com uma suspensão pneumática (autonivelante) de calibração específica (duplos triângulos sobrepostos à frente e eixo multilink, de cinco braços, atrás), travões M Sport, e com a direção Integral Active Steering.

Ainda sem preços, o BMW iX M60 deverá chegar ao mercado em junho de 2022.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do BMW X2 xDrive25e híbrido plug-in?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Testámos o BMW X2 xDrive25e. Híbrido plug-in para quem quer mais estilo

Mais artigos em Notícias