Alfa Romeo Tonale já foi «destruído» pelo Euro NCAP. É seguro?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Segurança Rodoviária

Alfa Romeo Tonale já foi «destruído» pelo Euro NCAP. É seguro?

Além do Alfa Romeo Tonale, a Euro NCAP testou os Kia Sportage, Mercedes-Benz Classe T e Citan, CUPRA Born, BMW i4 e Toyota Aygo X.

Nova ronda de testes do Euro NCAP e entre os sete modelos testados destaque para o Alfa Romeo Tonale, o primeiro modelo totalmente novo lançado pela marca italiana desde o Stelvio há cinco anos.

O inédito SUV italiano partilha as mesmas fundações com o Jeep Compass, que conta já com seis anos no ativo e que foi testado pela Euro NCAP em 2017 — desde então os testes cresceram em número e exigência.

Importa por isso saber se no desenvolvimento do Tonale, a Alfa Romeo evoluiu a base do SUV em matéria de segurança para lidar com os testes muito mais exigentes.

TÊM DE VER: UE. A partir de hoje, estes equipamentos de segurança são obrigatórios

Os resultados foram muito positivos. O Alfa Romeo Tonale alcançou as almejadas cinco estrelas, com notas elevadas em todas as áreas de avaliação — proteção de adultos, proteção de crianças, outros utilizadores da estrada e assistentes de segurança.

Apesar das cinco estrelas, ainda há espaço para melhorar, como na proteção do pescoço dos ocupantes traseiros em caso de sofrer uma colisão traseira (efeito chicote) ou na deteção de peões, onde as pontuações alcançadas foram “marginais”.

Os outros cinco estrelas

O outro SUV testado, o Kia Sportage, também alcançou a classificação máxima, refletindo o resultado do «primo» Hyundai Tucson, testado o ano passado, com o qual partilha a base.

Kia Sportage Euro NCAP
Kia Sportage.

Um dos dois elétricos testados, o CUPRA Born, é também um modelo cinco estrelas, apresentando notas elevadas em todas as áreas de avaliação.

Mas os dois modelos com o conjunto de notas mais elevadas à geral nesta ronda de testes foram os gémeos Mercedes-Benz Classe T e Citan — MPV e comercial ligeiro —, que partilham quase tudo com o Renault Kangoo.

VEJAM TAMBÉM: “Caixa negra” obrigatória nos automóveis novos a partir de 2022. Que dados vai recolher?

Relembramos que o Kangoo alcançou quatro estrelas quando foi testado o ano passado. As cinco estrelas do Mercedes-Benz Classe T e Citan podem ser justificadas pela excelente performance na área de “assistentes de segurança” (90%, a nota mais elevada deste grupo), consequência da superior oferta de equipamento a este nível de série em todas as versões.

Aygo X e i4 ficam-se pelas quatro estrelas

O pequeno Toyota Aygo X, o sucessor do citadino japonês que agora assume-se como um maior crossover para a cidade, ficou-se pelas quatro estrelas, mesmo partilhando a sua plataforma com o maior Yaris, que tinha alcançado cinco estrelas.

A Euro NCAP justifica o resultado inferior, mas ainda assim muito positivo, pela menor oferta de equipamentos de segurança, como a ausência de um airbag central entre os passageiros dianteiros ou a falta de alguns assistentes à condução mais avançados.

VEJAM TAMBÉM: Alcoolímetro no carro. Como vai funcionar este novo dispositivo?

Por fim, o BMW i4, a berlina elétrica que partilha a base técnica com o Série 4 e Série 3, também peca pela ausência de alguns equipamentos de segurança, que acabaram por comprometer o resultado final, apesar da boa performance geral do modelo.

Mais artigos em Notícias