Tuk-tuk da Audi? A nova «vida» das baterias do e-tron

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mobilidade

Tuk-tuk da Audi? A nova «vida» das baterias do e-tron

Os módulos de bateria usados do Audi e-tron vão ter uma «segunda vida» e vão animar uma frota de tuk-tuk elétricos na Índia.

As baterias em fim de vida dos automóveis elétricos são um desafio ambiental, mas a Audi acredita ter encontrado uma solução para algumas das baterias usadas pelo e-tron, o seu primeiro elétrico: usá-las em pequenos veículos riquexó, os nossos bem conhecidos tuk-tuk.

A Fundação Ambiental da Audi, em colaboração com a Nunam, uma startup germano-indiana — com sede em Berlim (Alemanha) e Bangalor (Índia) que tem como missão dar uma vida nova a baterias usadas —, vão colocar nas estradas da Índia uma frota de tuk-tuk com módulos de bateria usados pelos e-tron pertencentes à frota de veículos de teste da Audi.

Para já a Nunam, em parceria com uma equipa de formação da unidade da Audi em Neckarsulm, na Alemanha, construíu apenas três protótipos. Mas tudo indica que em 2023 estejam disponíveis mais veículos que serão colocados à disposição de uma organização sem fins lucrativos.

A NÃO PERDER: RS e-tron GT. Testámos o “super elétrico” da Audi com 646 cv
Audi e-tron baterias Tuk Tuk

Palavra de ordem é reutilizar

Como explica Prodip Chatterjee, co-fundador da Nunam, as “baterias dos automóveis são desenhadas para durarem toda a vida do automóvel. Mas mesmo depois do seu uso inicial num veículo, elas ainda têm muita potência”, disse.

“Para veículos com pouca autonomia e potência, bem como um peso geral baixo, estas baterias são extremamente promissoras”, acrescentou Chatterjee, antes de reforçar: “As baterias antigas ainda são muito poderosas”.

Audi e-tron baterias Tuk Tuk Nunam

Por tudo isto, estes pequenos veículos urbanos acabam por ser os candidatos perfeitos para receber estes módulos de bateria usados, que assim podem ser reutilizados.

Com uma bateria de alta densidade e tendo em conta o peso baixo do veículo, o motor elétrico não precisa de ser particularmente potente, sobretudo nos centros urbanos da Índia, que têm alguns dos fluxos de tráfego mais densos do planeta, o que faz com que as viagens sejam quase sempre curtas e a baixas velocidades.

Audi e-tron baterias Tuk Tuk

O uso destas baterias não ficará pelos tuk-tuk. Depois de uma «primeira vida» no Audi e-tron e de uma «segunda vida» nestes tuk-tuk elétricos, estas baterias poderão ter uma «terceira vida» em instalações estáticas, como por exemplo, sistemas de iluminação LED. Só depois serão recicladas.

O que muda para um tuk-tuk elétrico normal?

Recorde-se que atualmente já existem muitos tuk-tuk elétricos. Contudo, funcionam quase sempre com baterias de chumbo-ácido, que não só têm uma vida útil relativamente curta como são muitas vezes descartadas de forma pouco adequada.

Outra mudança que estes novos veículos da Nunam e da Audi querem implementar está relacionada com o carregamento. É que os tuk-tuk elétricos hoje existentes na Índia são carregados com eletricidade da rede pública, em que uma grande parte é gerada em centrais a carvão.

Para estes tuk-tuk elétricos com baterias de iões de lítio de alta densidade do Audi e-tron, a Nunam propõe estações de carregamento solar, com os painéis solares a serem instalados nos telhados dos parceiros locais do projeto.

Audi e-tron baterias Tuk Tuk

Como funcionam as estações de carregamento solar?

Durante o dia a luz solar é usada para carregar uma bateria de um Audi e-tron, que neste caso funcionam como um acumulador. Durante a noite esta energia armazenada é usada para carregar os tuk-tuk, permitindo-lhes circular todo o dia sem produzir qualquer emissão.

VEJAM TAMBÉM: Drag race com quadriciclos elétricos. Será a mais lenta de sempre?

Esta estação de carregamento muito promissora — a Índia tem excelentes níveis de exposição solar durante praticamente todo o ano — foi desenvolvida internamente pelos parceiros deste projeto-piloto.

Responsabilidade ambiental e social

Além das preocupações ambientais, este projeto-piloto tem ainda responsabilidades sociais, já que estes pequenos veículos elétricos vão ajudar a dar emprego a mulheres que produzem bens alimentares, vestuário e peças de artesanato.

E graças a estes veículos, vão poder vender e entregar os seus produtos de forma mais rápida, económica e sustentável.

Audi e-tron baterias Tuk Tuk
Sabe responder a esta?
Qual era a potência da Audi RS2?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

As carrinhas desportivas mais radicais de sempre: Audi RS2

Mais artigos em Notícias