Toyota Hilux dentro e fora de estrada. Ainda a melhor pick-up de sempre?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeos RA

Toyota Hilux dentro e fora de estrada. Ainda a melhor pick-up de sempre?

A Toyota Hilux recebeu um «lavar de cara» e um motor Diesel mais potente de 2.8 l e 204 cv. Fiquem a conhecê-la em mais um vídeo da Razão Automóvel.

A Toyota Hilux quase que dispensa apresentações. A pick-up goza de uma imagem de invencibilidade como poucas e reflete-se na sua performance comercial sendo, desde 2013, líder de vendas nacional.

Atualmente na sua oitava geração, já vai na segunda atualização, onde recebeu um discreto «lavar de cara» e um novo e mais forte motor.

Trata-se de um quatro cilindros turbo Diesel com 2,8 l com 204 cv e 500 Nm, um salto considerável em potência e binário em relação ao 2,4 l que já conhecíamos: mais 54 cv e 100 Nm.

VEJAM TAMBÉM: Ford Ranger (2022). Nova geração ganha V6 Diesel e caixa de carga multifacetada
Toyota Hilux

Associado a uma caixa automática de seis velocidades, o novo 2.8D dá à Hilux novos argumentos em disponibilidade e performance e surge associado, por agora, em exclusivo ao nível Invincible, o mais elevado da gama.

O Miguel Dias dá-nos a conhecer em mais detalhe esta Hilux 2.8D 4×4 Invincible por dentro e por fora, e aproveitou a ocasião para um simpático «passeio» fora de estrada.

O que mudou?

Nesta mais recente atualização, a Toyota Hilux recebeu uma nova grelha com efeito 3D, um para-choques dianteiro redesenhado, novos faróis dianteiros e traseiros em LED e ainda novas jantes de 18”.

Por dentro, o grande destaque é o novo sistema de infoentretenimento acessível através de um ecrã de 8″. Apesar de se tratar de uma pick-up, as exigências digitais e de conectividade do nosso tempo não foram esquecidas, sendo também compatível com Android Auto e Apple CarPlay (ambos a requisitar ainda fio).

Equipamento não falta

O nível Invincible é o mais elevado na gama Hilux e destaca-se pela cor da carroçaria exclusiva Bronze Oxide e jantes de 18″ de cor negra. Por dentro vem equipada com ar condicionado automático, bancos aquecidos, com o do condutor a ter ajuste elétrico, e ainda um sistema de som JBL com nove altifalantes.

Toyota Hilux

Se a visibilidade traseira deixa muito a desejar, para mais num veículo com 5,3 m de comprimento, é compensada pela presença de uma valiosa câmara traseira.

É a pick-up certa para si?

Nesta versão Invincible e com este motor mais forte, a Toyota Hilux assume uma função mais de lazer que utilitária.

Existem outras pick-up que são suas rivais diretas como a Ford Ranger ou a Mitsubishi L200, mas esta Hilux pode ser uma alternativa até aos SUV.

A verdade é que a maioria dos SUV não consegue ter as capacidades fora de estrada e versatilidade de uso da pick-up nipónica — e nem é preciso referir a durabilidade. Dito isto, e fruto da sua natureza, a Hilux não consegue rivalizar em conforto ou refinamento com essas propostas, só mesmo com outras pick-up.

A sua condição de topo de gama também se faz pagar, com o preço da Hilux 2.8D 4×4 Invincible a ascender a uns bastante elevados 62 120 euros.

Descubra o seu próximo automóvel:

Preço

unidade ensaiada

62.120

Versão base: €62.120

Classificação Euro NCAP: N/D

Avaliação
  • Motor
  • Robustez
  • Versatilidade
  • Visibilidade traseira
  • Preço

Mais artigos em Testes, Ensaio