Fim de uma era. Último Lamborghini Aventador Ultimae vai a leilão

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilão

Fim de uma era. Último Lamborghini Aventador Ultimae vai a leilão

O último Aventador Ultimae, que marca a despedida do Aventador e dos V12 puramente a combustão na Lamborghini, vai ser vendido em leilão.

O Aventador LP 780-4 Ultimae assinala o fim de uma era na Lamborghini. Não só serve de despedida ao Aventador como também marca o «adeus» ao V12 nesta sua forma pura e naturalmente aspirada.

Para vincar a sua importância, a marca de Sant’Agata Bolognese limitou a produção deste modelo a 600 exemplares (350 coupés e 250 roadsters). E reservou planos ainda mais especiais para a derradeira unidade desta série.

É que o último Aventador LP 780-4 Ultimae a ser produzido vai ser leiloado juntamente com um NFT. O leilão será realizado pela RM Sotheby’s e está marcado para o próximo dia 19 de abril.

A NÃO PERDER: Lamborghini Huracán STO. «Pilotámos» em circuito o mais radical dos Huracán
Lamborghini Aventador Ultimae traseira

A somar a este NFT e ao Aventador em si, que será construído na versão coupé e na configuração que vos mostramos acima (pintura azul e preta), o vencedor deste leilão vai ainda ter acesso antecipado a teasers de futuros modelos da marca, a um tour privado pelo museu da Lamborghini e a falar (por videochamada) com o DJ Steve Aoki e a artista Krista Kim.

Mas voltando ao grande protagonista do evento, o Aventador LP 780-4 Ultimae, é o último modelo de motor V12 da Lamborghini livre de qualquer eletrificação.

Relembramos que 15 exemplares do Aventador Ultimae afundaram com o Felicity Ace, o que obrigou a marca de Sant’Agata Bolognese a retomar a produção do seu superdesportivo.

LEIAM TAMBÉM: “Felicity Ace”. Lamborghini vai substituir os Aventador destruídos

Fica por saber se este exemplar fará parte desse grupo de 15, mas a Lamborghini afirma que este é o último Aventador Ultimae coupé de todos produzido, a unidade #600. Assim, está garantido que ele será mesmo o último de uma era na marca do touro.

Sucessor será um híbrido plug-in

Além de anunciar este leilão, a Lamborghini também deu mais algumas informações acerca do modelo que vai suceder ao Aventador.

Já se sabia há algum tempo que iria ser um híbrido, combinando o tradicional V12 da marca italiana com um (pelo menos) motor elétrico, mas agora a marca italiana revelou que será um híbrido plug-in.

Importa recordar que o primeiro esforço que a Lamborghini fez com um sistema híbrido plug-in foi em 2014, no protótipo Asterion, que «casava» o V10 do Huracán com três motores elétricos, cada um com 100 cv, dois dos quais montados nas rodas dianteiras. Contudo, o Asterion nunca chegaria à produção, apesar de, inicialmente, ser essa a intenção.

LBG Asterion
Lamborghini Asterion

Este é, contudo, mais um passo rumo à eletrificação total da gama, algo que a Lamborghini já prometeu que quer concretizar em 2024. Somente em 2028 chegará o primeiro “Lambo” 100% elétrico.

Sabe responder a esta?
Em que ano se estreou o Lamborghini Gallardo?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Aqui só entram motores V10. Fiquem a conhecê-los

Mais artigos em Notícias