Motores de combustão para lá de 2030? Lamborghini acredita que sim

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Motores de combustão para lá de 2030? Lamborghini acredita que sim

Apesar de estar focada na eletrificação, a Lamborghini acredita que os motores de combustão podem continuar depois de 2030.

Depois de ter revelado os planos de eletrificação da Lamborghini, Stephan Winkelmann, o diretor executivo da marca italiana, veio agora «alimentar» as esperanças dos fãs dos motores de combustão.

Numa entrevista dada ao jornal alemão Welt am Sonntag, o diretor executivo da Lamborghini começou por afirmar que “Após a hibridização da nossa gama vamos esperar e ver se será possível oferecer veículos com motor a combustão depois de 2030”.

Para o fazer Winkelmann confia no potencial dos combustíveis sintéticos para isso: “uma possibilidade seria manter os motores de combustão vivos com gasolina sintética”.

A NÃO PERDER: Motores Diesel que queimam hidrogénio como combustível? Sim, é possível
Lamborghini motor V12
O motor V12, um «ex-libris» da Lamborghini, pode vir a sobreviver graças aos combustíveis sintéticos.

Recordamos que o Grupo Volkswagen, através da Porsche, tem sido dos maiores investidores neste tipo de combustíveis. Aliás, a Porsche e a Siemens Energy têm um projeto que visa produzir combustíveis sintéticos no Chile já este ano.

A eletrificação da Lamborghini

Se será possível ou não manter os motores de combustão para lá de 2030, a Lamborghini, tal como nós, terá de «esperar para ver», mas uma coisa é certa: a eletrificação construtor transalpino será uma certeza.

Em 2023 a marca de Sant’Agata Bolognese lançará o seu primeiro híbrido plug-in, o sucessor do Aventador, e em 2024 o objetivo da Lamborghini passa por contar com uma gama totalmente eletrificada.

No total, a marca transalpina dedicou 1,5 mil milhões de euros à transição para os modelos híbridos plug-in e isto sem contar com o desenvolvimento do seu primeiro modelo 100% elétrico.

Com data prevista de lançamento apenas para 2028, o primeiro Lamborghini movido somente a eletrões continua ainda envolto em algum secretismo.

Como reportámos anteriormente, foi o próprio Stephan Winkelmann que indicou que seria uma nova adição à gama, um quarto modelo, com configuração 2+2 e alguns centímetros adicionais de distância ao solo (ou seja, um crossover).

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da Lamborghini?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ferruccio vs Enzo: as origens da Lamborghini
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

Ferruccio vs Enzo: as origens da Lamborghini

Mais artigos em Notícias