Oficial. Mercedes-Benz será 100% elétrica em 2030 onde for possível

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Oficial. Mercedes-Benz será 100% elétrica em 2030 onde for possível

Até 2030 a Mercedes-Benz quer ser totalmente elétrica onde os mercados o permitirem e quer reduzir a pegada de carbono por modelo em mais de 50%.

Foi durante a sua primeira conferência digital de ESG (Ambiente, Social e Governança) que a Mercedes-Benz revelou os seus objetivos até ao final da década, entre os quais o de ser totalmente elétrica onde os mercados permitirem.

Os restantes objetivos, previsivelmente, concentram-se acima de tudo no desempenho ambiental do construtor alemão.

Como afirma Ola Källenius, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Mercedes-Benz AG: “A procura por mobilidade individual continua a crescer. A nossa missão é responder a essa necessidade de forma sustentável”.

A NÃO PERDER: Carlos Tavares: «a eletrificação foi escolhida pelos políticos, não pela indústria»
Mercedes-Benz plano 2030

Além do ambicioso objetivo de se tornar 100% elétrica até ao final da década, a Mercedes-Benz quer reduzir em pelo menos 50% as emissões de CO2 emitidas pelos seus modelos ao longo do seu ciclo de vida. Para o fazer tem já um conjunto de medidas identificadas.

Entre estas encontram-se não só a eletrificação da sua gama, como também o carregamento com recurso a energia proveniente de fontes renováveis, a melhoria da tecnologia usada nas baterias, e no campo da produção o uso de materiais reciclados e energias renováveis.

Eletrificar é a «ordem»

Como referi, um dos principais pilares da estratégia da Mercedes-Benz passa pela eletrificação do seu portefólio.

Antes de atingir o objetivo ambicioso de ser 100% elétrica em 2030, em todos os mercados que o permitam, em 2025 a Mercedes-Benz ambiciona que 50% das suas vendas sejam de modelos elétricos e híbridos plug-in.

Para alimentar todos esses modelos elétricos a marca de Estugarda procura desenvolver baterias com um menor impacto ambiental, melhorando não só a química como procurando novas formas de as reciclar, estando a criar uma fábrica neutra em carbono para a sua reciclagem em Kuppenheim, na Alemanha.

Por fim, e ainda no campo das baterias, a Mercdes-Benz revelou que está também a investir nas baterias de estado sólido, contando para tal com diversos parceiros.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Mercedes-Benz 190 (W201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias