Stellantis. Resultados recorde em 2021 dão bónus para os funcionários

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Stellantis. Resultados recorde em 2021 dão bónus para os funcionários

No seu primeiro ano completo de atividade, a Stellantis viu as receitas líquidas crescer 14% e o resultado operacional ajustado praticamente duplicar.

Se houvessem dúvidas sobre a fusão entre a PSA e a FCA para a criação da Stellantis, a apresentação dos primeiros resultados anuais a que assistimos do grupo dissipá-las-iam a todas.

Afinal de contas, num ano marcado pela crise dos chips e pelo aumento do custo das matérias primas, o «jovem gigante» da indústria automóvel apresentou resultados recorde (comparando-os com os resultados conjuntos da FCA e PSA em 2020).

Para começar, as receitas líquidas fixaram-se nos 152 mil milhões de euros, um aumento de 14% face ao valor alcançado pela PSA e FCA juntas.

A NÃO PERDER: Stellantis. Aposta no software vai gerar 20 mil milhões de euros de receita em 2030
Peugeot 2008
O 2008 foi o líder de vendas entre os B-SUV na Europa.

Também o resultado operacional ajustado foi bastante positivo, tendo praticamente duplicado, fixando-se nos 18 mil milhões de euros, com uma saudável margem de 11,8% e para mais, com todos os segmentos a serem rentáveis.

Mas há mais. Por exemplo, o resultado líquido foi de 13,4 mil milhões de euros, um valor quase três vezes superior ao do exercício anterior. Por fim, as sinergias obtidas da fusão permitiram reduzir os custos e traduziram-se num benefício líquido de 3,2 mil milhões de euros.

Os resultados recorde que anunciamos hoje comprovam que a Stellantis está bem posicionada para apresentar um forte desempenho, mesmo nos ambientes de mercado mais incertos. Juntos, estamos focados em executar os nossos planos à medida que avançamos para nos tornarmos numa companhia tecnológica de mobilidade sustentável.

Carlos Tavares, diretor executivo da Stellantis

Um ano atarefado

Neste seu primeiro ano, a Stellantis lançou mais de 10 novos modelos, com especial destaque para a aposta nos modelos de baixas emissões. Estes últimos já correspondem a 34 modelos do portefólio da Stellantis.

No total, em 2021, a Stellantis vendeu 388 000 unidades de veículos de baixas emissões, um aumento de 160%. Grande parte deles corresponderam a furgões elétricos, permitindo ao grupo alcançar a primeira posição nas vendas de furgões elétricos na Europa.

Ram Pick-Up
Originalmente um modelo da Dodge, a RAM tornou-se numa marca independente em 2010. A Ram Pick-up é, hoje em dia, o modelo mais vendido da Stellantis.

Por falar em veículos comerciais, em 2021 a Stellantis confirmou a sua posição no mercado mundial de veículos comerciais com a liderança na Europa e na América do Sul, tendo alcançado o seu maior volume de vendas de sempre de pick-up a nível mundial.

Os best-seller

Foram vários os modelos que contribuíram para os bons resultados da Stellantis em 2021. Na América do Norte, o Jeep Wrangler 4xe foi o modelo híbrido plug-in mais vendido a clientes particulares nos EUA.

Jeep Wrangler 4xe
O Jeep Wrangler 4xe tem sido um caso sério de sucesso nos EUA.

Já na América do Sul, a Stellantis conquistou uma quota de mercado de 22,9%, valor que lhe assegurou a liderança naquela região (nos veículos comerciais a quota chegou aos 30,9%).

LEIAM TAMBÉM: Conheçam a «outra missão» do Peugeot 9×8 Hybrid Hypercar

Por fim, na Europa (EU30, abrangendo 30 mercados), além de ter liderado o mercado dos veículos comerciais com uma quota de mercado de 33,7%, o grupo gerido pelo português Carlos Tavares viu ainda o Peugeot 208 ser o modelo mais vendido e o 2008 alcançar a liderança do segmento B-SUV.

Resultados recorde, funcionários premiados

Os excelentes números alcançados permitiram a Stellantis beneficiar os seus funcionários, redistribuindo por eles 1,9 mil milhões de euros, mais 770 milhões de euros do que o valor redistribuído no exercício passado pelas anteriores duas empresas (FCA e PSA), um aumento de 70%.

Acerca desta redistribuição dos lucros, Carlos Tavares afirmou: “Os empregados são o coração de Stellantis. Foi graças ao seu contínuo foco na execução e na excelência que conseguimos alcançar resultados recorde no nosso primeiro ano como Stellantis (…) O nosso objetivo é que todos os colaboradores beneficiem do crescimento rentável da empresa”.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Peugeot 106 Electric?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este é o Peugeot 106 Electric, o antepassado do e-208

Mais artigos em Notícias