Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Porsche 718 Cayman GT4 RS. 500 cv e «coração» do 911 GT3 para o mais radical dos Cayman

A Porsche não o fez por menos e equipou o novo 718 Cayman GT4 RS com o mesmo motor do 911 GT3 e 911 GT3 Cup. Resultado? 500 cv e "red-line" às 9000 rpm.

Os rumores estavam errados. O novo Porsche 718 Cayman GT4 RS não faz uso, como seria de esperar, de uma versão mais potente do seis cilindros boxer do 718 Cayman GT4.

Surpreendentemente a Porsche foi buscar o seis cilindros boxer naturalmente aspirado do 911 GT3 e do 911 GT3 Cup (apesar de ambos terem 4,0 l de capacidade, são motores distintos) e colocou-o no compartimento do motor do mais radical 718 Cayman de sempre.

Uma decisão positivamente inesperada, assim como os 500 cv de potência que anuncia; bem mais que os 450-480 cv que a maioria dos rumores apontavam e apenas 10 cv a menos que o 911 GT3. Nunca a Porsche tinha aproximado tanto o 718 Cayman do seu ícone, o 911.

VEJAM TAMBÉM: Taycan é o mais vendido entre os Porsche que não são SUV
Porsche 718 Cayman GT4 RS

Fica também justificado em parte os 23,6s a menos que o 718 Cayman GT4 RS conseguiu no Nürburgring em relação ao 718 Cayman GT4. Com mais 80 cv de potência, não admira que tenha conseguido ganhar mais de um segundo por quilómetro, com um tempo-canhão final de 7min09,3s (20,832 km).

Os 500 cv e 450 Nm (mais 20 Nm relativamente ao GT4), o uso exclusivo da rápida caixa PDK de sete velocidades e também a massa mais contida — com 1415 kg (DIN), o GT4 RS é 35 kg mais leve que o GT4 — garantem à nova estrela da Porsche prestações de respeito. Bastam 3,4s para atingir os 100 km/h (menos 0,5s que o GT4) e anuncia uma velocidade máxima de 315 km/h (mais 13 km/h), atingidos em sétima velocidade.

Não se fica pelo motor

O uso do motor do 911 GT3 pode ser a grande surpresa nesta primeira revelação do 718 Cayman GT4 RS, mas na sua evolução de GT4 para GT4 RS, nada foi deixado ao acaso.

Porsche 718 Cayman GT4 RS

A começar pela forma como o ar chega ao motor, onde as pequenas janelas traseiras dos outros Cayman desaparecem para dar lugar a entradas de ar no GT4 RS. Não só melhoram o fluxo de admissão de ar, como enaltecem o som de admissão do flat-six, que fica bem mais perto dos ouvidos dos ocupantes.

A nova «arma» da Porsche surge também com um novo pacote aerodinâmico, mais extremista, destacando-se a nova asa traseira fixa «pescoço de cisne», como vimos no 911 GT3.

Quando combinada com os menos 30 mm de distância ao solo em relação ao 718 Cayman, as saídas de ar sobre os guarda-lamas dianteiros, o fundo aerodinamicamente otimizado que está ligado a um novo difusor traseiro, o difusor dianteiro ajustável e o spoiler dianteiro com «lâminas» laterais, é capaz de gerar mais 25% de downforce (sustentação negativa) no modo Performance (recomenadado para circuitos) que o 718 Cayman GT4.

VEJAM TAMBÉM: Alpine Ravage. Um A110 único inspirado no mundo dos ralis

Como seria de esperar num RS da Porsche, também o 718 Cayman GT4 RS passou por uma dieta rigorosa, apesar do substancial aumento de potência e performance.

Para manter a massa em valores controlados, a Porsche fez uso de mais polímero reforçado com fibra de carbono (CFRP) — capô e guarda-lamas dianteiro —, cortou no material insonorizante, usou um vidro mais leve para o óculo traseiro, os puxadores internos das portas são agora fitas em tecido, os compartimentos de arrumação são agora em rede, e até os tapetes usados são mais leves.

Por fim, mas não menos importante, também o chassis foi modificado. Este passa a ser unido à carroçaria com juntas de bola, incrementando, diz a Porsche, ainda mais a precisão e responsividade do comportamento do 718 Cayman GT4 RS. A suspensão — amortecedores e molas — vem com um acerto específico, assim como as barras estabilizadoras.

Weissach package

Em opção o Weissach package adiciona um acabamento com a textura típica da fibra de carbono à asa traseira, ao compartimento dianteiro, às várias entradas de ar, à cobertura da caixa de ar e aos retrovisores.

As saídas de escape em titânio passam a assemelhar-se às do especial Porsche 935 e o titânio também passa a ser o material escolhido para a roll cage. O tabliê recebe um revestimento em Race-Tex e o óculo traseiro passa a integrar um enorme logótipo da Porsche.

VEJAM TAMBÉM: O Centro Cultural de Belém foi “invadido” por modelos da Porsche

A rematar o pacote opcional, as jantes de 20″ em alumínio forjado de série podem ser trocadas por outras de 20″ em magnésio forjado.

Quando chega?

O novo Porsche 718 Cayman GT4 RS será revelado publicamente no Salão de Los Angeles, que abre hoje as portas, mas já pode ser encomendado em Portugal. O preço começa nos 197 143 euros.

Mais artigos em Notícias