Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Desde 7350 euros

Este Citroën não é um automóvel. Testámos o novo Citroën AMI

Tecnicamente o Citroën Ami até pode não ser um automóvel, mas isso não o impediu de ser o protagonista de um vídeo do nosso canal de YouTube.

Apresentado como uma solução de mobilidade revolucionária, o Citroën Ami tem dado muito que falar e por isso mesmo, depois de já o Miguel Dias o ter conduzido há uns tempos, o Guilherme Costa pô-lo à prova em mais um vídeo do nosso canal de YouTube.

Oficialmente um quadriciclo ligeiro (daí a matrícula amarela), o Ami pode ser conduzido no nosso país por adolescentes a partir dos 16 anos. Para o fazer basta ter a carta de condução B1.

Graças à classificação como quadriciclo ligeiro o pequeno citadino gaulês vê a sua velocidade máxima limitada aos 45 km/h, velocidade essa que é alcançada com alguma facilidade como nos conta o Guilherme no vídeo.

A NÃO PERDER: Testámos o Fiat Panda Sport. O citadino faz justiça à designação?

Para tal ajudam os voluntariosos 8 cv e 40 Nm de binário extraídos do motor elétrico montado na dianteira que é alimentado por uma bateria de iões de lítio de 5,5 kWh que oferece uma autonomia de 75 km e que demora somente três horas a ser recarregada por completo numa tomada doméstica convencional.

Descubra o seu próximo carro

Preço “de combate”

Mas a classificação como quadriciclo ligeiro não trouxe apenas prestações limitadas. Graças a esta homologação o Ami não é obrigado a apresentar-se com uma série de custosos sistemas de segurança e ajuda à condução e isso reflete-se não só no peso (485 kg dos quais 60 kg são “culpa” da bateria de iões de lítio) e… no preço.

A versão base do Citroën Ami (My Ami) arranca nos 7350 euros e mesmo a variante mais cara, o My Ami Vibe, não vai além dos 8710 euros. Quanto à convivência com o pequeno Ami, para que fiquem com uma melhor noção de como é usar o mais recente proposta da marca francesa “passo a palavra” ao Guilherme.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Peugeot 106 Electric?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este é o Peugeot 106 Electric, o antepassado do e-208

Mais artigos em Testes