Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Venda

Fiat Uno Turbo nacional foi vendido por quase 15 mil euros nos EUA

Num estado imaculado e já com 202 000 km, este Fiat Uno Turbo i.e. "emigrou" para os EUA em 2020 e encontrou alguém disposto a pagar quase 15 mil euros por si

Fiat Uno Turbo i.e., Volkswagen Polo G40, Peugeot 205 GTi, Citroën AX Sport (e GTI). Todos eles modelos de culto, muitos não conseguiram escapar às «garras» de transformações de gosto e utilidade duvidosos.

Entre estes, o Fiat Uno Turbo i.e. foi dos que mais «sofreu» com estas modificações e, por isso mesmo, quando surge à venda um exemplar em estado original é caso para dizer “parem as rotativas!“.

Foi precisamente esse o caso do Uno Turbo i.e. de que vos falamos hoje. Comprado novo em Portugal em 1988, acabou por «emigrar» para os EUA em 2020 e a sua venda tornou-se notícia.

A NÃO PERDER: Lembras-te deste? Daihatsu Charade GTti, o mil mais temido
Fiat Uno Turbo i.e. Bring a Trailer

Nem parece que tem tantos quilómetros

Anunciado no “Bring a Trailer”, este Fiat Uno Turbo i.e. acabou por ser leiloado recentemente por 16 800 dólares (cerca de 14 500 euros), ou seja, alguém comprou um Uno Turbo i.e. de 1988 por um valor não muito distante de um novo, mas bem mais modesto Fiat Panda Sport.

Segundo o anúncio, este exemplar do Uno Turbo i.e. conta já com uma respeitável quilometragem de 202 mil quilómetros. Contudo, uma análise mais demorada às fotografias denunciam uma atenta manutenção ou preservação desta máquina com 33 anos, não aparentando ter tantos quilómetros.

Ainda de acordo com o que se pode ler no “Bring a Trailer”, antes de atravessar o Atlântico, esta unidade foi alvo de uma profunda revisão recebendo não só novos fluídos e filtros como uma bateria e até uma afinação para estar nas melhores condições.

Além do carro, o felizardo que comprou este Fiat Uno Turbo i.e. de matrícula portuguesa vai ainda receber uma série de peças adicionais originais como uma grelha, um painel de instrumentos, um turbocompressor, um coletor de admissão e ainda os encostos de cabeça.

O Fiat Uno Turbo i.e.

Originalmente lançado em 1985, o mais desportivo dos Fiat Uno manter-se-ia em produção até à década de 90 do século passado. A unidade vendida, de 1988, contava com um 1.3 l tetracilíndrico que, graças ao turbocompressor, debitava 105 cv e 146 Nm.

Não parece muito, mas quando associados aos 845 kg que acusava já permitia chegar aos 100 km/h em pouco mais de oito segundos e alcançar os 200 km/h (), números de respeito para a altura. O turbo «à antiga» (tudo ou nada) garantia um respeito adicional, sobretudo à saída das curvas.

 

A denunciar esta versão desportiva estavam uma série de detalhes estéticos, alguns típicos dos anos 80, como a faixa autocolante lateral. A distinguir o Turbo i.e. (de injeção eletrónica) dos restantes Uno tínhamos jantes específicas de 13″, um spoiler traseiro, grelha dianteira colorida, bancos desportivos e um sistema de som da Sony.

Com o restyling do Uno em 1989, o Turbo i.e. ganhou não só um visual que o aproximava do Tipo, como também mais potência, agora com 118 cv (reza a lenda que, na realidade, eram mais 130 cv), agora extraídos de um bloco com 1,4 l, na mesma com quatro cilindros, mas associado a um turbo Garrett T2.

Sabe responder a esta?
Porque outro nome era conhecido o Fiat Cinquecento Sport?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lembras-te deste? Fiat Cinquecento Sport (mas só em Portugal)

Mais artigos em Notícias