Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Pneus

UPTIS. Os pneus que não furam da Michelin já foram testados na via pública

Imune a furos e a rebentamentos… e sem ar. Assim é o UPTIS, o pneu revolucionário que a Michelin espera começar a vender ao público em 2024.

Aproximadamente 20% dos pneus produzidos anualmente são descartados precocemente devido a furos, perdas de pressão e desgaste irregular causado pela pressão errada dos pneus. Isto equivale a 200 milhões de pneus deitados fora e a um peso que supera o da Torre Eiffel, em Paris, 200 vezes. Todos os anos.

Focada neste problema de sustentabilidade, a Michelin apresentou em 2019 o UPTIS (Unique Puncture-Proof Tire System), um protótipo que nessa altura já contava com um período de desenvolvimento a rondar uma década e que já tinha gerado o Tweel.

Agora, e mais perto do que nunca do seu lançamento público, o pneu sem ar da Michelin foi testado num MINI Cooper SE, pela “mão” do YouTuber Mr. JWW, que registou toda a experiência em vídeo:

A NÃO PERDER: Para atingir os 490 km/h, a Michelin reforçou os pneus do Chiron com fibra de carbono

Como explica Cyrille Roget, diretor de comunicação técnica e científica do grupo Michelin, o UPTIS integra múltiplos raios entre a banda exterior e a interior, feitos a partir de borracha e uma camada fina, mas muito forte de fibra de vidro, para que este pneu seja capaz de suportar o peso do carro. Para proteger esta sua invenção a Michelin registou 50 patentes.

Depois de uma explicação prévia, onde Cyrille Roget também clarificou que no UPTIS as jantes e o pneu surgem totalmente integrados, sendo montados na linha de produção do pneu, Mr. JWW levou o MINI elétrico para a estrada e sentiu em primeira mão aquilo que estes pneus revolucionários são capazes de oferecer.

michelin uptis pneus sem ar 1

Para já, o UPTIS não passa de um protótipo funcional, mas a Michelin já anunciou que tem planos para o produzir e para o disponibilizar ao público, algo que pode acontecer já em 2024.

Sabe responder a esta?
Qual a potência máxima combinada do MINI Countryman PHEV?

Mais artigos em Notícias