Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Drag Race

Nada é mais rápido que o Rimac Nevera no quarto de milha

Já sabíamos que o Rimac Nevera era absurdamente rápido. Este recorde para carros de produção no quarto de milha… e com pneus de estrada, vem comprová-lo.

Com 1914 cv e 2360 Nm de binário, o Rimac Nevera só podia ser… balístico. O hiperdesportivo elétrico croata já tinha mostrado anteriormente o quão absurdamente rápido era, quando foi colocado numa drag race (prova de arranque) contra o Ferrari SF90 Stradale.

Ninguém pode acusar o SF90 Stradale de ser lento, mas os seus 1000 cv nada poderiam fazer contra o seu rival com praticamente duas vezes mais potência. Mat Watson, da Carwow, conseguiu com o Nevera um tempo incrível de 8,62s no clássico quarto de milha (402 m), um segundo a menos que o superdesportivo italiano.

É a diferença entre ser-se rápido, muito rápido e absurdamente rápido.

VEJAM TAMBÉM: Aconteceu. Bugatti passa a fazer parte de nova empresa entre Porsche e Rimac

Agora, o canal DragTimes levou um Rimac Nevera até uma pista específica para este tipo de provas e conseguiu melhorar esse tempo, alcançando o recorde mundial no quarto de milha para um carro de produção.

Com um tempo incrível de 8,58s e uma velocidade de 269,5 km/h, Brooks Weisblat, do canal DragTimes, fez do Rimac Nevera o carro de produção mais rápido do mundo no quarto de milha. E com o pormenor de o hiperdesportivo elétrico estar equipado com pneus de estrada, uns Michelin Pilot 4S — impressionante.

Colocámos o vídeo no ponto em que se dá início à tentativa recordista, mas não foi a única. Logo na primeira tentativa, o Nevera fez uns demolidores 8,74s, baixando para os 8,61s na tentativa seguinte (vejam o vídeo do início para as ver e conhecer em mais detalhe o Rimac Nevera).

Para se ter uma ideia do quão rápido é, o Tesla Model S Plaid, com 1020 cv (praticamente metade), tem feito 9,2s (e 245 km/h) no mesmo exercício em pistas também específicas para o efeito.

Brooks Weisblat com Rimac Nevera
Brooks Weisblat, do canal DragTimes com o Rimac Nevera.

Aceleração de loucos

Como se não bastasse, o equipamento de medição usado no interior do carro deu-nos ainda mais números sobre a sua aceleração, que à primeira vista parecem inacreditáveis.

O melhor tempo registado nos 0 aos 100 km/h foi de 2,21s (sem rollout) e os 200 km/h foram atingidos nuns surpreendentes 5,19s! Mas não se fica por aqui…

Rimac Nevera

Para termos uma ideia mais clara da capacidade de aceleração do Rimac Nevera, seja qual for a sua velocidade, os valores seguintes não podiam ser mais explícitos: 2,95s para ir dos 100 km/h aos 200 km/h, e dos 200 km/h aos 250 km/h, bastam uns surreais 2,36s. É de “arregalar os olhos”…

VEJAM TAMBÉM: Pininfarina Battista. Hiperdesportivo elétrico de 1900 cv deixa-se ver na versão de produção

O Rimac Nevera coloca a fasquia muito, mas mesmo muito alta, para todos os outros hiperdesportivos elétricos que estão para vir. Será que veremos mais construtores a querer usurpar a coroa do hiperdesportivo elétrico mais rápido de sempre? Sabemos de pelo menos um que certamente quererá a sua oportunidade para o conseguir: Tesla Roadster — que entretanto foi empurrado para 2022.

Mais artigos em Notícias