Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeos

O Huracán STO foi a Hockenheim, foi rápido mas não trouxe recordes

Especialmente focado no desempenho em pista, o Lamborghini Huracán STO acabou por não deslumbrar em Hockenheim.

Revelado há cerca de um ano e com a “missão” de tomar o lugar do Huracán Performante, o novo Lamborghini Huracán STO não esconde o seu foco no desempenho em pista.

Talvez por isso mesmo os nossos colegas da Sport Auto decidiram levá-lo até ao seu “habitat natural” e descobrir o que este tem para dar no circuito alemão de Hockenheim.

No papel, tudo promete um desempenho memorável. Menos 43 kg de peso (o peso a seco é de 1339 kg), tração traseira, uma aerodinâmica ainda mais eficaz, vias mais largas, casquilhos mais rígidos, barras estabilizadoras específicas, sempre com o sistema Magneride 2.0, direção às rodas traseiras e ainda nem falámos do motor.

Esse é um 5.2 V10 naturalmente aspirado que debita uns estridentes 640 cv às 8000 rpm e um binário de 565 Nm às 6500 rpm. Tudo isto permite alcançar os 100 km/h em 3s, os 200 km/h em 9s e uma velocidade máxima de 310 km/h.

A NÃO PERDER: Lamborghini Countach LPI 800-4. O derradeiro supercarro dos anos 80 chega ao séc. XXI

Como se portou em pista?

Bem, apesar de todo o seu “arsenal”, o Huracán STO apenas conseguiu ser 0,4s mais rápido que o Huracán Evo “normal”. No total foram necessários 1min48,6s para o Lamborghini Huracán STO testado pela Sport Auto percorrer o traçado alemão.

Este valor está consideravelmente longe do tempo obtido pelo carro mais rápido testado por aquela publicação naquele circuito — o McLaren Senna com 1min40,8s. Também à frente do supercarro italiano ficam modelos como o McLaren 720S (1min45,5s) e o Mercedes-AMG GT R (1min48,5s).

Em “defesa” do Huracán STO — que estava equipado com uns Bridgestone Potenza Race — convém relembrar que alguns dos rivais do modelo italiano enfrentaram o circuito em dias mais quentes, fator que poderá ter sido decisivo nesta “guerra” pelos tempos por volta.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Renault Spider Renault Sport?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

No adeus aos Renault Sport, recordamos 5 dos mais especiais

Mais artigos em Notícias