Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Recordes

Recorde mundial: o Toyota Mirai percorreu 1003 km sem reabastecer

Como que a provar as mais valias da tecnologia fuel cell, o Toyota Mirai percorreu 1003 km sem abastecer e sem… quaisquer emissões.

A Toyota está apostada em provar as virtudes da tecnologia Fuel Cell, e talvez por isso levou o novo Toyota Mirai a bater um recorde mundial.

O recorde em causa foi o de maior distância percorrida com um só abastecimento de hidrogénio, obtido depois de o Mirai ter percorrido uns impressionantes 1003 km por estradas francesas sem emissões e, claro está, sem qualquer reabastecimento.

Numa altura em que, apesar das constantes evoluções das baterias, a autonomia dos modelos elétricos a bateria continua a causar alguma desconfiança, o recorde obtido pelo Mirai como que vem provar que é possível “devorar quilómetros” sem ter de recorrer ao motor de combustão.

A NÃO PERDER: Toyota. Primeiro elétrico com baterias de estado sólido em 2025
Toyota Mirai

A “epopeia” do Mirai

No total, estiveram envolvidos na obtenção deste recorde quatro condutores: Victorien Erussard, o fundador e o capitão do Energy Observer, o primeiro barco equipado a pilha de combustível Toyota; James Olden, engenheiro da Toyota Motor Europe; Maxime le Hir, gestor de produto do Toyota Mirai e Marie Gadd, relações públicas da Toyota France.

A “aventura” começou às 5h43 do dia 26 de maio no posto de hidrogénio HYSETCO em Orly, local no qual os três tanques de hidrogénio do Toyota Mirai com 5,6 kg de capacidade foram atestados.

Desde então o Mirai percorreu 1003 km sem reabastecer, alcançando um consumo médio de 0,55 kg/100km (de hidrogénio verde) enquanto percorreu as estradas da região a sul de Paris nas zonas de Loir-et-Cher e Indre-et-Loire .

A NÃO PERDER: Estará a Toyota a preparar um novo V8 biturbo? Nova patente parece indicar que sim

Tanto os consumos como a distância percorrida foram certificados por uma entidade independente. Apesar de terem adotado um estilo “de condução ecológica”, os quatro “construtores” deste recorde não recorreram a nenhuma técnica especial que não possa ser utilizada no dia a dia.

No final, e após bater o recorde mundial de distância com um reabastecimento de hidrogénio, bastaram cinco minutos para o Toyota Mirai ser novamente atestado e estar pronto para oferecer, no mínimo, os 650 km de autonomia anunciados pela marca japonesa.

Com chegada a Portugal prevista para setembro, o Toyota Mirai verá os seus preços arrancarem nos 67 856 euros (55 168 euros + IVA no caso das empresas, pois este imposto é dedutível a 100%).

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançada a segunda geração do Toyota Paseo?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ainda te lembras dos pequenos coupé dos anos 90?

Mais artigos em Notícias